Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

FINADOS

Dia de Finados: Procon-MS encontra variação de 662% em flores vendidas na Capital

Vaso de Violeta foi encontrada por R$ 5,90 em um estabelecimento e R$ 45 em outro
02/11/2020 09:46 - Gabrielle Tavares


Antes de comprar flores neste Dia de Finados, fique atento aos preços. Pesquisa realizada pelo Procon-MS revelou que diferenças nos valores de produtos em floriculturas podem chegar a 662%.  

O levantamento foi feito entre os dias 21 e 23 de outubro, em 10 floriculturas e 3 mercados de Campo Grande.

A maior diferença encontrada foi em relação ao vaso pequeno de flor tipo Violeta. O preço mais barato foi no supermercado Extra, por R$ 5,90, e o mais caro foi na floricultura Flor do Campo, por R$ 45.

A variação dos preços na coroa de flor Natural pequena foi menor que o da Violeta. É possível encomendar o produto por R$ 300, mas pode encontrar também por R$ 350 uma variação de 16,67%, dependendo da floricultura que preferir.

Em relação aos supermercados pesquisados, a maior variação foi de 166,85%. A flor Calandiva tamanho médio, por exemplo, está sendo comercializada por R$ 23,99, no Comper, ou R$ 8,99, no Carrefour.

O Girassol no vaso pequeno apresentaram variação de 15,40%. Com R$12,99 no Comper, ou por R$ 14,99, no Extra, é possível comprar o produto.

O Procon-MS também realizou comparativo entre os preços encontrados na pesquisa do ano passado com a atual.  

Dos 32 produtos comparados nas floriculturas por apresentarem as mesmas características, em ambos os anos, 23 tiveram aumento que atingem 57,88%. Nove deles sofreram decréscimo de até 29,91%.  

Dos 10 produtos comparados nos mercados, 7 tiveram aumento, sendo 40,68% o maior, e 3 deles sofreram decréscimo, com registro de 23,34%.  

Os itens comparados anualmente são aqueles que mantém a mesma apresentação (tamanho, peso e medida) de um ano para outro.

Confira as pesquisas na íntegra:

Supermercados

Floriculturas 

Comparativo com o ano anterior em floriculturas

Comparativo com o ano anterior em supermercados

*Com informações do Procon-MS

 
 

Felpuda


Embora tenha manifestação de que não haverá mudanças na administração municipal que se iniciará dia 1º de janeiro, o que se ouve por aí é que a realidade não seria bem assim.

Alguns setores deverão passar por alterações, como forma de se azeitar engrenagens que estariam deixando a desejar. 

O Diário Oficial, a partir daquela data, deverá ser a publicação mais lida a cada manhã.