Clique aqui e veja as últimas notícias!

OBRAS QUE PESAM NO BOLSO

Quando os preços dos materiais de construção devem voltar a baixar em MS?

Sindicato acredita que levará um tempo até que a situação volte ao normal
20/01/2021 06:00 - Ricardo Campos Jr

O preço dos materiais de construção transformaram a construção em uma tarefa extremamente cara. Alguns produtos dobraram de preço nos últimos meses. As indústrias alegam que a inflação decorre da redução nas linhas de produção em razão da pandemia, mas o setor que lida diretamente com as obras discorda que a medida tenha sido necessária, já que na maioria dos estados a paralisação durou cerca de 15 dias. A pergunta que fica no ar de quem está erguendo uma casa ou prédio comercial: quando os preços vão baixar?

Amarildo Miranda Melo, presidente do Sindicato Intermunicipal da Indústria da Construção Civil em Mato Grosso do Sul (Sinduscon-MS) acredita que ainda levará de quatro a seis meses para que a situação volte ao normal e os preços se estabilizem. 

“Nós já levamos a questão ao conhecimento do ministro da Economia, Paulo Guedes, via Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). Já tivemos contato pessoalmente com as indústrias cimenteiras, de PVC e aço. Enquanto a inflação do setor não cede, o Índice Geral de Preços continuam subindo”, disse em entrevista ao Correio do Estado.

As fábricas alegam que as plantas ainda não conseguiram produzir em quantidade suficiente para gerar estoques, o que se acontecesse levaria a uma redução de valores praticados no mercado. O problema é que, para Amarildo, a alegação não passa de uma desculpa para segurar os preços no alto, já que o tempo de interrupção nas atividades foi pouco.

“Nesse pequeno período, identificamos algumas posturas inoportunas de algumas industrias, especial de cimento, que não tinham motivos para subir, tanto aço como PVC. Tivemos aumentos agressivos”, afirmou à equipe de reportagem.

Ainda não acabou... Faça login ou cadastre-se para continuar lendo essa notícia gratuitamente

Receba acesso também a outras notícias exclusivas. É rapidinho e não pediremos seu cartão de crédito :)

Quero Me Cadastrar

Já tem cadastro? Faça login clicando aqui