Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MERCADO

Ruralistas são a favor do cancelamento de feriados

Produtores e pecuaristas tentam minimizar os efeitos da pandemia
18/05/2020 08:30 - Súzan Benites


Proposta apresentada pelos empresários para que os feriados sejam deslocados para os fins de semana também recebe apoio do setor rural do Estado. A ideia apresentada por empresários ganhou força com os políticos e já recebe aprovação de outros segmentos.

Com a adoção das medidas de isolamento por causa da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a economia já registra números negativos.

O cancelamento de feriados é uma das alternativas para que a retomada das atividades econômicas não seja interrompida. A medida afetaria uma data municipal e cinco nacionais até dezembro (excluindo da lista somente Natal e Ano-Novo).

Para o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul), Maurício Saito, com a atual situação econômica do País, as atividades precisam se adaptar ao momento.

“Em virtude das atuais condições impostas em todo o mundo por conta da Covid-19, há necessidade de readequação das atividades e das rotinas das pessoas. Sendo assim, o Sistema Famasul acredita que o remanejamento dos feriados, como proposto, surge como mais uma medida que pode contribuir para amenizar os efeitos da pandemia”, disse Saito.

De acordo com o presidente da Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul (Acrissul), Jonatan Pereira Barbosa, tudo que for definido democraticamente terá o apoio da entidade. “Pessoalmente, sou completamente a favor de qualquer medida como esta, que visa à retomada da economia. Já enquanto representante da Acrissul, eu defendo o que for decidido democraticamente pela maioria. Queremos o melhor para a economia do País”, considerou.

O presidente do Sindicato Rural de Campo Grande, Rochedo e Corguinho (SRCG), Alessandro Coelho, explicou que a mudança nos feriados pouco afeta a agropecuária. “Levando em consideração que o segmento é um serviço essencial, mesmo no período de quarentena os trabalhos nas fazendas são ininterruptos”.

Como a Divisão do Estado cai no fim de semana, nenhuma data tipicamente sul-mato-grossense entraria na lista, assim como o Dia de Santo Antônio, que em 2020 será em um sábado. Existem pontos facultativos que afetam categorias específicas, como o Dia do Professor e do Servidor Público.

 
 

Datas

No segundo semestre de 2020, estão previstos cinco feriados nacionais que podem ser prolongados: 5, 6 e 7 de setembro (de sábado a segunda): Independência do Brasil é no dia 7; 10, 11 e 12 de outubro (de sábado a segunda): Nossa Senhora Aparecida é no dia 12; 31 de outubro, 1º e 2 de novembro (de sábado a segunda): Finados é no dia 2; 15 de novembro (domingo): Proclamação da República; 25, 26 e 27 de dezembro (de sexta a domingo): Natal é no dia 25.

 

Felpuda


Entre sussurros, nos bastidores políticos mais fechados, os comentários são que história apregoada por aí teria sido construída para encobrir o que realmente foi engendrado em conversa que resultou em negociata. 

O script foi na base do “você finge que é assim, e nós fingimos que acreditamos”. 

Batido o martelo, a encenação prosseguiu e, conforme o combinado, deverão ser apresentados novos episódios.

Ah, o poder!