Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CONFIRA CALENDÁRIO

Segunda parcela do auxílio emergencial começa a ser paga nesta segunda-feira

Caixa também irá pagar a primeira parcela para 8,3 milhões de beneficiários
17/05/2020 08:00 - Fábio Oruê


Caixa Econômica Federal começa a disponibilizar a parcela 2 do Auxílio Emergencial do Governo Federal a partir de amanhã (18) para todos aqueles que receberam a parcela 1 até 30 de abril. Esta segunda etapa será realizada de acordo com calendário publicado nesta sexta-feira (15) pelo Ministério da Cidadania.

As datas foram definidas de modo a aprimorar o pagamento e evitar concentração nos meios digitais e aglomerações nos pontos de atendimento. O calendário traz escalonamento para os grupos de beneficiários – elegíveis do Bolsa Família, CadÚnico e inscritos pelo app/site –, bem como para antecipação do crédito para movimentação digital e para saque em espécie conforme mês de nascimento. 

Confira:

SAQUE EM ESPÉCIE 

Entre 18/50 e 29/05Beneficiários do Bolsa Família (detalhes abaixo)
A partir de 30/05 (sábado)Poupança Social e demais públicos - nascidos em janeiro
A partir de 01/06 (segunda)Poupança Social e demais públicos - nascidos em fevereiro
A partir de 02/06 (terça)Poupança Social e demais públicos - nascidos em março
A partir de 03/06 (quarta)Poupança Social e demais públicos - nascidos em abril
A partir de 04/06 (quinta)Poupança Social e demais públicos - nascidos em maio
A partir de 05/06 (sexta)Poupança Social e demais públicos - nascidos em junho
A partir de 06/06 (sábado)Poupança Social e demais públicos - nascidos em julho
A partir de 08/06 (segunda)Poupança Social e demais públicos - nascidos em agosto
A partir de 09/06 (terça)Poupança Social e demais públicos - nascidos em setembro
A partir de 10/06 (quarta)Poupança Social e demais públicos - nascidos em outubro
A partir de 12/06 (sexta)Poupança Social e demais públicos - nascidos em novembro
A partir de 13/06 (sábado)Poupança Social e demais públicos - nascidos em dezembro

Como noticiado anteriormente pelo Correio do Estado, o pagamento da parcela 1 foi marcada por longas e demoradas filas em Campo Grande. Beneficiários precisavam esperar mais de 2 horas para conseguirem ser atendidos nas agências da Caixa. As longas filas se formavam fora das agências por conta do distanciamento para evitar a contaminação pelo coronavírus e para não haver aglomeração dentro das unidades bancárias.

A Caixa informou que realizou parcerias com prefeituras de cerca de 1,1 mil cidades para a sinalização e organização das filas e instalação de impressoras para facilitar a triagem fora da agência. A prioridade do banco ainda é manter o atendimento digital. Dessa forma, reforça a orientação para que os recursos do auxílio sejam movimentados por meio do Caixa Tem a fim de evitar filas e aglomerações, como as vistas no mês passado.

BOLSA FAMÍLIA

Os beneficiários do Bolsa Família elegíveis para receber o auxílio poderão sacar em espécie, da mesma forma do benefício regular, conforme o número final do Número de Identificação Social (NIS). O calendário para este público já inicia nesta segunda-feira (18) conforme quadro a seguir:

 
 

SAQUE

Os que recebem o crédito pela Poupança Social Digital e optarem por sacar o benefício em espécie deverão seguir o calendário escalonado por mês de aniversário. Nas datas indicadas, eventual saldo existente será transferido automaticamente para a conta em que o beneficiário recebeu a primeira parcela, sendo poupança Caixa ou conta em outro banco.

Seis caminhões-agência itinerantes também estão atendendo em localidades com maior necessidade, sendo que de 18 a 22 de maio ele estará em Bela Vista.

Além disso, a Caixa vai creditar a parcela 1 do Auxílio Emergencial para mais 8,3 milhões de beneficiários entre os dias 19 e 29 de maio. No total, serão disponibilizados mais R$ 5,3 bilhões nas contas indicadas no momento da inscrição, conforme calendário a seguir:

 

 
 

Felpuda


Na troca de alfinetadas entre partidos que não se entenderam até agora sobre eventual aliança, uma outra peça está surgindo: trata-se do levantamento completo sobre investimentos feitos, recursos liberados, parcerias em todas as áreas, além do prazo de quando tudo isso começou. Caso os palanques venham a ficar distanciados, a divulgação será feita à exaustão durante a campanha eleitoral, para mostrar quem é quem na história. Os bombeiros continuam atuando.