Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ECONOMIA

Semana Mundial do Investidor será realizada de 5 a 11 de outubro em formato virtual

Objetivo do evento é conscientizar e disseminar a importância da educação financeira
24/08/2020 01:00 - Agência Brasil


A Organização Internacional das Comissões de Valores (Iosco) realiza, de 5 a 11 de outubro, a Semana Mundial do Investidor (WIW, do nome em inglês 'World Investor Week'). Esta é a primeira vez que o evento ocorrerá em formato virtual.

Segundo informou a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), órgão regulador e fiscalizador do mercado de capitais brasileiro, a decisão da Iosco foi tomada – apesar o de pandemia do novo coronavírus – porque a entidade considera necessário desenvolver a resiliência financeira “nesse cenário desafiador”.

A Semana Mundial do Investidor é coordenada pelo Comitê 8 da Iosco, que trata de investidores de varejo e é, atualmente, presidido pela CVM. O objetivo do evento é conscientizar e disseminar a importância da educação financeira e da proteção ao investidor.

As instituições interessadas em organizar eventos e participar da Semana Mundial devem entrar em contato com a Divisão de Educação Financeira da CVM, no endereço coece@cvm.gov.br. A campanha terá ações educacionais gratuitas.

Ao longo da WIW 2020, mais de 90 países participantes da campanha global vão promover atividades voltadas para o aumento da educação e conscientização de investidores, como debates e palestras. 

Na última edição, o evento incluiu investimento digital e gestão de ativos digitais. Já a edição 2020 vai abranger questões relacionadas à tecnologia educacional (Ed-Tech), como educação online, uma que a aprendizagem remota provou ser relevante durante o período de 'lockdown' (confinamento) em diversos países, informou a CVM, por meio de sua assessoria de imprensa.

 
 

Felpuda


Figurinha está trabalhando intensamente para tentar eleger a esposa como prefeita de município do interior.

Até aí, uma iniciativa elogiável. Uns e outros, porém, têm dito por aí que seria de bom tom ele não ensinar a ela, caso seja eleita, como tentar fraudar folha de frequência de servidores. 

Afinal, assim como ele foi flagrado em conversa a respeito com outro colega, não seria nada recomendável e poderia trazer sérias consequências. Só!