Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CRISE

Vendas de caminhões caíram 48,4% este ano em MS

Queda reflete a combinação entre excesso de frota e crise
04/09/2015 00:00 - DA REDAÇÃO


 

As vendas de caminhões novos caíram quase pela metade em Mato Grosso do Sul no mês passado, de acordo com os números da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). A queda, que foi de 48,44%, reflete a combinação entre excesso de frota e economia desaquecida. Em agosto deste ano, foram vendidos, em todo o Estado, 33 caminhões novos contra 64 comercializados em igual mês de 2014.

Em números relativos, a retração no setor de caminhões foi a mais acentuada entre todos os segmentos. No total, as vendas de veículos recuaram 14,79% no Estado na comparação entre agosto de 2015 e de 2014. 

Agosto não é exceção em se tratando de vendas fracas. No acumulado deste ano (janeiro a agosto), foram comercializados 275 caminhões em Mato Grosso do Sul, 39,26% a menos que as 453 unidades vendidas no mesmo intervalo de 2014. E essa trajetória de resultados negativos deve se manter por um período considerável. 

(*) A reportagem, de Osvaldo Junior, está na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

 

Felpuda


Partido político está vivendo processo de autofagia cá por essas bandas. Nada de ideologia ou defesa dos interesses dos filiados. O problema, segundo os mais observadores, é que lideranças não se contentaram em ter cada uma o seu pedaço e decidiram tomar conta com exclusividade do espólio, que, aliás, é regado com cifras milionárias. A legenda deverá se transformarem uma máquina de lavar, no caso, cheia de roupas sujas. E dê-lhe!