Clique aqui e veja as últimas notícias!

EDUCAÇÃO

Governo de MS anuncia concurso com 722 vagas para professores da Rede Estadual de Ensino

Riedel também falou sobre um projeto de lei do Governo de MS que reestrutura as carreiras dos servidores administrativos da Educação
11/08/2021 15:45 - Thais Libni


O Governo de Mato Grosso do Sul anunciou a abertura de concurso público para professores da Rede Estadual de Ensino (REE) com 722 vagas ainda para 2021.  

De acordo com o comunicado feito em live de comemoração ao Dia do Estudante nesta quarta-feira (11), as vagas serão destinadas para profissionais da Educação Básica, dos anos finais do Ensino Fundamental ao Ensino Médio.

A expectativa é que o processo seja executado neste ano para o primeiro chamamento dos aprovados ocorrer no 1º semestre de 2022.

Últimas Notícias

Segundo a Secretarias de Educação (SED), haverá oportunidades para professores de Língua Portuguesa, Matemática, História e Geografia, entre outras áreas. As vagas serão para os 79 municípios do Estado, conforme disponibilidade da Rede Estadual.  

O ex-secretário de Governo de Mato Grosso do Sul e atual chefe da Infraestrutura, Eduardo Riedel, explica que o certame foi impedido de ser realizado antes em decorrência de uma lei federal.

"É um compromisso que temos com a Educação, ficamos impedidos de realizar antes por conta de uma lei federal, em função da crise econômica e da pandemia, só que agora temos a possibilidade de resgatar esse efetivo de professores da Rede Estadual de Ensino", ressaltou.

A gestora da SED, a professora Maria Cecilia Amendola da Motta classificou a medida como "importante para os profissionais que desejam ingressar como efetivos nos Anos Finais do Ensino Fundamental e também do Ensino Médio, da Rede Estadual de Ensino". "São vagas para essas duas etapas da Educação Básica", reforçou.

O último certame foi realizado em 2019 e ainda encontra-se vigente.  O certame ofertou 1.500 vagas divididas entre as áreas de apoio e docência. 

De acordo com a banca organizadora, foram 14.133 inscritos.

Projeto

Eduardo Riedel também falou sobre um projeto de lei do Governo de Mato Grosso do Sul que reestrutura as carreiras dos servidores administrativos da Educação para corrigir distorções salariais de aproximadamente seis mil funcionários públicos.

Se enquadram no quadro de servidores administrativos da Educação os profissionais integrantes das carreiras de apoio à Educação Básica, que são aqueles que trabalham com inspeção de alunos, secretarias, limpeza, merenda e recepção/portaria.

A proposta está em fase final de elaboração e deve ser concluída ainda em agosto, para depois ser entregue à Assembleia Legislativa.  

Assine o Correio do Estado