Esportes

LUTA

A. Silva mira volta ao topo e diz que não precisa provar nada

'Spider' encara luta em fevereiro de 2016

FOLHAPRESS

29/12/2015 - 19h00
Continue lendo...

Um dos maiores lutadores de todos os tempos do UFC, Anderson "Spider" Silva, 40, encara a luta contra o inglês Michael Bisping, 36, em fevereiro de 2016, como uma oportunidade de dar a volta por cima.

Essa será a primeira luta de "Spider" após ser suspenso por um ano depois de testar positivo em exame antidoping feito no duelo contra o americano Nick Diaz, no UFC 183, em janeiro deste ano.

"Não tenho que provar nada para absolutamente ninguém. Não sou perfeito, não sou santo, cometi a falha de ter tomado uma substância que estava contaminada, mas não colocaria em exposição a minha vida pessoal para esclarecer os fatos se eu realmente fosse culpado", afirmou o lutador durante teleconferência organizada pelo UFC nesta terça-feira (29) para promover o combate.

De acordo com Silva, a sua equipe de defesa se atrapalhou durante o julgamento que o suspendeu pelo uso de substância ilegal.

"Meu advogado e o cara que testou os suplementos que tomei pareciam dois patetas e não conseguiram provar a verdade. Estou pagando pelo meu erro, mas pronto para lutar", disse.

O brasileiro reinou na categoria peso-médio por nove anos, fez dez defesas de cinturão com sucesso, mas caiu duas vezes em 2013 diante do americano Chris Weidman.

Na segunda luta contra Weidman, sofreu uma grave lesão. Recuperou-se, mas foi flagrado no doping e viu o desfecho do duelo contra o americano Nick Diaz ser alterado para "sem resultado".

Para o brasileiro, a suspensão atrapalhou a popularidade do UFC no Brasil, mas ele acredita que outros atletas podem fazer o público do país voltar a se motivar com o esporte.

Contra Bisping, "Spider" busca se fortalecer na categoria para uma nova disputa pelo título.

"Estou bastante motivado e feliz com o que está acontecendo. Os últimos dois anos e meio da minha carreira foram bastante conturbados, acho que é normal. Espero ter uma nova oportunidade de lutar pelo cinturão e trazê-lo de volta ao Brasil", disse.

Durante a teleconferência, Bisping criticou Silva pelo caso de doping. O brasileiro respondeu, mas não devolveu as provocações. "Algumas pessoas vão continuar falando, mas eu não me importo, já passou. Algumas coisas vão ser resolvidas lá dentro [do octógono]. Não gosto de me promover como falastrão, vou lá lutar."

TAEKWONDO

Em abril, a Confederação Brasileira de Taekwondo anunciou que Silva disputaria a seletiva da modalidade para a Olimpíada do Rio. Após o anúncio, ele chegou a ser criticado por lutadores e possíveis rivais na disputa pela vaga.

Com as reações negativas e o retorno ao UFC, o lutador descartou a possibilidade de ir à Rio-2016. Ele nega que o interesse declarado tenha sido um golpe de marketing com o objetivo de esfriar o caso de doping.

"Era um desejo que eu tinha por ser um esporte que, de certa forma, me deu a oportunidade de estar onde estou hoje, mas teve muita falação. Meu propósito era divulgar cada vez mais esse esporte lindo, que dá emprego para muita gente. Como o objetivo dos outros era diferente do meu, achei melhor deixar para lá", disse.

Automobilismo

Autódromo de Campo Grande recebe a 4ª etapa da Fórmula Truck

O evento está programado para acontecer entre os dias 28 e 30 de junho no Autódromo Internacional Orlando Moura; Os ingressos já estão à venda no site oficial

19/06/2024 13h30

Campo Grande sedia a 4º etapa da Fórmula Truck nos dias 28 a 30 de junho.

Campo Grande sedia a 4º etapa da Fórmula Truck nos dias 28 a 30 de junho. Fotos: Duda Bairros/ Copa Truck

Continue Lendo...

Com o Autódromo Internacional Orlando Moura liberado para eventos esportivos após incidentes em um evento de motociclismo no início do mês, acontece entre os dias 28 e 30 de junho a 4ª etapa da Fórmula Truck, em Campo Grande. Os ingressos já estão à venda no site oficial a partir de R$ 25.

A etapa de um dos eventos mais importantes do calendário brasileiro de automobilismo foi confirmada após o Corpo de Bombeiros realizar diversas vistorias e autorizar que a Fórmula Truck estacionasse na capital sul-mato-grossense.

Diferentemente dos últimos anos, o evento nesta temporada proporcionará novidades aos fãs do automobilismo, com a separação das categorias de caminhões. Para os amantes da categoria, essa mudança no regulamento deve proporcionar muitas emoções para o público e melhores oportunidades de competição para pilotos e equipes.

Ainda de acordo com o regulamento, outra mudança será na entrada do Pace Truck na pista. Antigamente, o relógio de tempo das corridas seguia mesmo em bandeira amarela. A partir de agora, o cronômetro será paralisado, garantindo justiça entre intervenções externas durante a corrida.

Conforme o regulamento da competição, serão realizadas as seguintes provas: 

  • F-Truck: Categoria dos caminhões com motores de bomba injetora.
  • GT Truck: Categoria dos caminhões com motores eletrônicos.
  • Prova SpeedMax: Uma corrida extra sem pontuação, onde os seis primeiros colocados das provas da F-Truck e GT Truck não poderão participar. O grid de largada será invertido, prometendo um show de ultrapassagens e competição intensa.

Os ingressos já estão à venda na bilheteria digital, localizada no site oficial da Fórmula Truck, com valores de de R$25 a R$350, o primeiro lote. Confira:

  • R$ 25 Alambrado (meia-entrada válida para todos os dias)
  • R$ 40 Estacionamento Paddock (válido para todos os dias)
  • R$ 50 Alambrado (inteira válida para todos os dias)
  • R$ 120 Paddock (inteira válida para todos dos dias)
  • R$ 350 Área VIP (inteira válida para todos os dias com buffet no domingo)

As próximas etapas da Fórmula Truck neste ano de 2024 serão na seguinte ordem:

  • 4 de agosto em Londrina (PR);
  • 31 de agosto em Velopark (RS);
  • 13 de outubro em Santa Cruz do Sul (RS);
  • 10 de novembro em Tarumã (RS);
  • 1º de dezembro em Cascavel (PR);

 Assine o Correio do Estado    

Depoimento

Convite a Lucas Paquetá é aprovado pela CPI das Apostas

Meia é investigado na Inglaterra por manipulação de jogos; por se tratar de convite, meia não é obrigado a comparecer

18/06/2024 23h00

Lucas Paquetá está sendo investiogado pela Premier League sobre favorecimento nas apostas esportivas

Lucas Paquetá está sendo investiogado pela Premier League sobre favorecimento nas apostas esportivas Foto: Rafael Ribeiro/CBF

Continue Lendo...

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) de Manipulação de Jogos e Apostas Esportivas aprovou nesta terça-feira (18) o convite ao meia Lucas Paquetá, do West Ham, para prestar depoimento sobre as acusações feitas pela Federação Inglesa contra o brasileiro.

Dois senadores fizeram requerimento para que Paquetá seja convidado: Jorge Kajuru e Eduardo Girão.

Por se tratar de convite, Paquetá tem o direito de negar. Mas as regras da CPI permitem que depois venha uma convocação, e persistindo a negativa, até condução coercitiva para depoimento.

Não há data prevista ainda para a formalização do convite ao jogador.
Paquetá neste momento está com a seleção brasileira, que se prepara para a Copa América nos Estados Unidos.

A JUSTIFICATIVA

No requerimento assinado por Kajuru, que preside a CPI, ele pontua que "se há evidências de uma relação direta entre apostadores brasileiros e o jogador, suspeita-se de que eventuais intermediários possam estar atuando também em partidas de futebol do Brasil, o que torna ainda mais importante o testemunho de Paquetá".

Paquetá é acusado pela Federação Inglesa de tomar cartões amarelos propositalmente em quatro partidas da Premier League para manipular o mercado de apostas. O jogador nega, mas foi formalmente acusado, após um período de investigação.


*Informações da Folhapress

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).