Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

ESPORTES

Perto de ser anunciado pelo Palmeiras, Abel Ferreira se despede do elenco do PAOK

Imagens divulgadas nas redes sociais mostram Abel bastante emocionado em seu último contato com os jogadores
30/10/2020 14:00 - Estadão Conteúdo


Prestes a ser oficializado como novo técnico do Palmeiras, Abel Ferreira tem avançado no processo de saída do PAOK. 

Nesta sexta-feira (30), no retorno do time à Grécia após duelo com o Granada, na Espanha, pela Liga Europa, ele se despediu do elenco no desembarque no aeroporto de Salonica.

As imagens divulgadas nas redes sociais mostram Abel bastante emocionado em seu último contato com os jogadores, abraçando vários deles, na sequência do seu último compromisso à frente do time, um empate sem gols.

Ainda não há, porém, uma definição sobre quando ele deixará a Europa para se apresentar ao Palmeiras ou mesmo uma data para apresentação. Mas apenas detalhes impedem a assinatura do contrato, que deverá válido até dezembro de 2022.

De saída o PAOK, o treinador português, de 41 anos também acumula passagens pelo Sporting Braga e pelas categorias de base e time B do Sporting Lisboa. 

Neste ano, o técnico português ganhou notoriedade ao eliminar o Benfica, de Jorge Jesus, nos playoffs da Liga dos Campeões. Em jogo único, a equipe de Abel venceu por 2 a 1. 

Na fase seguinte, porém, com duas derrotas para o Krasnodar, da Rússia, a equipe foi eliminada e acabou direcionada para a Liga Europa.

No Palmeiras, Abel substituirá Vanderlei Luxemburgo, demitido após uma série ruim de resultados no Campeonato Brasileiro. 

Ele será o primeiro estrangeiro a comandar o time na gestão do presidente de Maurício Galiotte, que também apostou em Mano Menezes, Luiz Felipe Scolari, Roger Machado, Alberto Valentim, Cuca e Eduardo Baptista.

Até a sua chegada, o auxiliar Andrey Lopes seguirá à frente da equipe, que na segunda-feira receberá o Atlético Mineiro, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Allianz Parque.

 
 

Felpuda


A futura composição  dos 29 vereadores  em Campo Grande poderá ser diferente  da que foi oficializada, segundo o que  se tem ouvido,  com certa frequência, nas rodinhas de conversas dos meios políticos.  

Nova distribuição  das cadeiras poderá ocorrer e, assim, quem está prestes a entrar com pompa e circunstância poderá nem passar pela porta de entrada  e tomar posse de cadeira  para chamar de sua.  

O caldeirão está fervendo.