Esportes

Vôlei de praia

A+ A-

As duplas Duda e Ana Patrícia, Matheuzinho e Moisés levaram o ouro na 1ª Etapa do Circuito Nacional

Mesmo sem praia, campo-grandenses apoiaram a competição com entusiasmo, comparecendo em peso para prestigiar o evento

Continue lendo...

As duplas Duda e Ana Patrícia e Matheuzinho e Moisés brilharam intensamente, garantindo a medalha de ouro na emocionante 1ª etapa do Circuito Nacional de Vôlei de Praia, realizado no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande. Mesmo sem o cenário tradicional de praia, a competição contou com o apoio fervoroso dos campo-grandenses, que compareceram em peso para prestigiar o esporte.

No vôlei de praia feminino, a dupla Duda e Ana Patrícia demonstrou um desempenho notável ao conquistar a medalha de ouro em uma emocionante disputa contra a dupla Hege e Vitória, vencendo por 2 sets a 0. Duda compartilhou sua satisfação com o resultado.

"Nós trabalhamos um direcionamento, que o trabalho está no caminho certo e a gente fica muito feliz. É muito difícil. Realmente muito mais difícil do que eu acho que todo mundo. Ficar a melhor performance que é o que a gente sempre busca, mas, graças a Deus, hoje novamente deu certo. Sempre muito bem acolhido, sempre a torcida se fazendo presente. Esse acolhimento alimenta a gente na quadra. Isso com certeza dá ainda mais força. Então é muito prazeroso estar aqui novamente no Mato Grosso do Sul."

No vôlei de praia masculino, a dupla Matheuzinho e Moisés surpreendeu ao conquistar o ouro na categoria. Matheuzinho compartilhou sua experiência.

"Conseguimos o primeiro lugar nesta primeira etapa. Começamos bem, vamos ver o que o futuro reserva."

A dupla Alison e Igor conquistou a medalha de prata ao ficar em segundo lugar na emocionante competição. Alison, que é parceiro de Igor, destacou a dedicação da equipe e a alegria pelo desempenho alcançado.

"Estou competindo há 11 anos, sempre chegando às finais. Essa adrenalina, essa ansiedade, jogando com um parceiro mais jovem, em uma categoria diferente, contra um adversário muito novo. É um novo capítulo na minha carreira, e isso está me fazendo muito bem. Estou dando o meu melhor."

Alison, medalhista olímpico de ouro no Rio 2016, compartilhou suas impressões sobre o retorno à competição nesta etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei em Campo Grande, após uma pausa na carreira. Durante sua 20ª temporada, ele expressou entusiasmo pelo vôlei de praia brasileiro e pela participação dos quatro times que representarão o Brasil.

"O vôlei de praia brasileiro sempre se destaca. Os quatro times que vão representar o Brasil certamente farão um excelente trabalho. Desta vez, graças a Deus, também poderei estar lá torcendo por todos."

O Circuito Nacional de Vôlei de Praia em Campo Grande não apenas ofereceu competições acirradas, mas também serviu como palco para o brilho dessas duplas brasileiras, que continuam a inspirar a próxima geração de atletas no cenário esportivo nacional.

Assine o Correio do Estado.

AYRTON-SENNA

Carro que pertenceu à Senna é colocado à venda por R$ 3,2 milhões

O veículo é do modelo Honda NSX 1991. O carro vermelho atualmente está sob posse de Robert McFagan, um fã de Ayrton Senna, e disponível para compra no site Auto Trader

23/04/2024 23h00

O veículo teve somente dois donos (Senna e McFagan) e possui 62,9 mil km rodados Reprodução / Auto Trader

Continue Lendo...

Um carro antigo que já foi posse do ídolo da Fórmula 1 Ayrton Senna está à venda no Reino Unido.

O veículo é do modelo Honda NSX 1991. O carro vermelho atualmente está sob posse de Robert McFagan, um fã de Ayrton Senna, e disponível para compra no site Auto Trader.

O preço do automóvel é 500 mil libras (aproximadamente R$ 3,2 milhões na cotação atual). O veículo teve somente dois donos (Senna e McFagan) e possui 62,9 mil km rodados.

Senna foi presenteado com o veículo pela Honda em 1991. O piloto mantinha este exemplar em sua residência em Algarve, Portugal. Ele permaneceu lá até 2013, quando McFagan o adquiriu.

Senna ajudou a popularizar o NSX. O brasileiro ajudou a desenvolver a primeira geração do modelo. Ele possuía outros dois exemplares do veículo da Honda, ambos pretos, e um está sob posse da família no Brasil.

O NSX vermelho aparece no documentário Racing in my Blood, lançado em 1992. O mesmo veículo foi levado para Ímola em 2019, durante homenagem pelos 25 anos da morte de Senna, e pilotado por Giancarlo Minardi, ex-piloto e fundador da antiga escuderia Minardi.

"Tem sido um enorme prazer possuir o que é um dos carros mais famosos que pertenceu a uma verdadeira lenda do esporte, e a emoção de dirigir um carro de Senna nunca vai embora", disse McFagan, atual dono do carro, ao jornal The Sun.

 

Assine o Correio do Estado

COPA LIBERTADORES

Flamengo ajusta estratégia e reserva titulares para brasileirão

Com foco no clássico contra o Botafogo, Tite deixa sete titulares de fora na partida contra o Bolívar

23/04/2024 17h29

Flamengo vai enfrentar o Bolivar pela Libertadores Reprodução: Flamengo via X

Continue Lendo...

O Flamengo, com olhos fixos no campeonato Brasileiro, optou por poupar sete de seus principais jogadores para o próximo confronto da Copa Libertadores contra o Bolívar, líder do grupo.

A decisão estratégica foi tomada considerando o clássico iminente contra o Botafogo no Brasileirão, que ocorrerá neste fim de semana.

Os desfalques começaram com os cortes de Allan, por condições médicas relacionadas à altitude, e Léo Pereira, que enfrenta um problema viral.

Ambos não participarão do jogo em La Paz, marcado para esta quarta-feira.

A lista de ausências inclui ainda outros cinco titulares que ficarão no Rio de Janeiro focados no treinamento para o clássico das 11 horas, domingo, no Maracanã.

O técnico Tite decidiu manter a equipe principal em preparação para o Brasileirão, considerando que o Flamengo joga não apenas para manter-se competitivo na Libertadores, mas também para assegurar a liderança isolada no campeonato nacional.

Com sete pontos já acumulados no Brasileirão, um ponto à frente do rival Botafogo, a equipe busca maximizar seus resultados antes da pausa para a Copa América.

Para o duelo contra o Bolívar, a escalação do Flamengo contará com poucos titulares habituais.

Rossi, De la Cruz e Bruno Henrique são esperados no time titular, enquanto novas oportunidades surgirão para jogadores como Gerson e Igor Jesus no meio-campo, além de potenciais surpresas no ataque, como o jovem Lorran.

Esta estratégia de rodízio e foco no campeonato nacional reflete a priorização do Flamengo em acumular pontos no Brasileirão, visando uma vantagem significativa antes de enfrentar as ausências durante a Copa América.

Assim, Tite e sua equipe técnica buscam equilibrar o desafio de competir em duas frentes, fazendo uso da ciência e planejamento estratégico para otimizar o desempenho e a saúde dos jogadores.

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).