Esportes

SÉRIE A

A+ A-

Atlético-PR e Avaí empatam no duelo dos piores

Atlético-PR e Avaí empatam no duelo dos piores

Continue lendo...

Atlético-PR e Avaí mostraram, na noite deste sábado, porque são os piores times da Série A do Campeonato Brasileiro. Apesar da boa atuação e das muitas chances criadas, não passaram de um desesperador 0 a 0 na Arena da Baixada, resultado que os mantêm no fundo do poço, sem vencer depois de nove rodadas da competição e já ameaçados pela zona de rebaixamento.

O fato de jogar em casa e ter a estreia de Renato Gaúcho como técnico não foi suficiente para levar o Atlético-PR a um triunfo. Com o resultado, o time continua na última colocação do Brasileiro, com apenas dois pontos conquistados em 27 disputados. O Avaí, que recentemente chegou à semifinal da Copa do Brasil, é o penúltimo, com quatro pontos ganhos.

O Atlético-PR, que foi vaiado por sua enraivecida torcida em Curitiba, volta a campo no próximo sábado, mas fora de casa. Em São Januário, no Rio de Janeiro, tentará quebrar o jejum de vitórias contra o campeão da Copa do Brasil, Vasco da Gama, às 18h30 (de Brasília). O Avaí joga no mesmo dia e horário, mais uma vez longe de Florianópolis: pega o Atlético-GO, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia.

O jogo

Os números não deixam dúvida do porquê Atlético-PR e Avaí serem os piores times da Série A: são os únicos que ainda não venceram, após nove rodadas. Os catarinenses têm a pior defesa, com 22 gols sofridos, enquanto os paranaenses são os donos do pior ataque: apenas dois gols anotados. Apesar disso, fizeram uma boa partida na Arena da Baixada, repleta de chances e emoção.

Faltou eficiência de ambas as partes, embora os respectivos goleiros tenham feito excelentes defesas. A primeira dela foi de Felipe, ex-Santos e arqueiro do Avaí. Aos 19min, Paulo Baier cobrou escanteio e Cleber Santana desviou de cabeça, mas o camisa 1 mostrou bons reflexos. Aos 39min, apareceu bem de novo, espalmando chute cruzado de Garcia, pela esquerda da área.

O Avaí quase marcou aos 31min, quando Cleverson dominou dentro da área e bateu cruzado, mas Renan Rocha espalmou com rapidez. A melhor defesa do atleticano saiu aos 40min: mesmo marcado após cobrança de escanteio, Gustavo Bastos emendou um voleio, mas o arqueiro conseguiu evitar o primeiro gol dos catarinenses. No segundo tempo, os times mantiveram tal cenário.

As chances ficaram mais escassas, porém mais claras. Aos 14min, Pedro Ken quase marcou para o Avaí em belo chute de fora da área, defendido por Renan Rocha. Aos 25min, veio a resposta do anfitrião: Kleberson recebeu passe curto pela direita da área e bateu de primeira, mas para fora. Aos 33min, Madson levantou a torcida depois de cortar a marcação e acertar a trave.

Outra boa chance do Atlético-PR surgiu aos 40min, com forte chute cruzado de Branquinho, bem defendido por Felipe. Já aos 45min, Madson cobrou falta da intermediária, a bola desviou na barreira, mas o goleiro do Avaí conseguiu pegar. No lance seguinte, William marcou para o Avaí, mas em posição irregular e em jogada que já havia sido paralisada.

O duelo também teve jogadas feias, estranhas. Wagner Diniz, por exemplo, tropeçou sozinho na bola e deixou-a sair pela linha lateral ao tentar arrancar no campo de defesa do Atlético-PR. Robinho, do Avaí, estava livre para dominar um bola afastada com um chutão pela zaga rival, mas pegou de canela e mandou-a direto para fora. Faltou eficiência aos piores times da Série A. Desta forma, ficaram no empate sem gols.  

FUTEBOL-OITAVA RODADA

Corumbaense atropela e faz 4 a 1 no lanterna time do Ivinhema

Vitória dá ao Carijó da Avenida vaga nas quartas de final do sul-mato-grossense de futebol

25/02/2024 16h53

Time corumbaense venceu com facilidade time do Ivinhema Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Continue Lendo...

Depois de quatro tropeços, a reabilitação do Corumbaense no Campeonato Sul-Mato-Grossense foi em grande estilo e com classificação.

Neste sábado (24), pela oitava rodada da primeira fase, o Carijó da Avenida recebeu o lanterna Ivinhema e emplacou 4 a 1, informou a assessoria de imprensa da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul).

A goleada, associada à vitória do Aquidauanense sobre o Novo por 2 a 0, valeu ao Corumbaense vaga nas quartas de final.

Agora, o Grupo B tem o Dourados AC na liderança, com 13 pontos, o Azulão da Princesa em segundo com 12 e o time de Corumbá vem em seguida com nove.

A última vaga da chave está em disputa entre Novo, com cinco pontos e mais um jogo a realizar (DAC em casa), e o Ivinhema, lanterna com quatro pontos, e mais duas partidas pela frente (Aquidauanense em casa e DAC, fora).

Gols

No Estádio Arthur Marinho, a partida ganhou movimentação a partir dos 30 minutos do primeiro tempo. O Corumbaense abriu o placar aos 34 minutos em contra-ataque de Robinho, de uma área a outra, quando tocou para Pedrinho, que driblou o goleiro Zé Augusto antes de marcar.

Cinco minutos depois, em erro de saída de bola do Ivinhema, Bruninho recebeu na entrada da área e bateu com precisão para fazer 2 a 0.

O Ivinhema conseguiu diminuir o prejuízo aos 41 minutos, com cruzamento pela direita de Nicolas que Douglas, de cabeça, mandou no canto alto direito do goleiro João. Mas a reação do Azulão durou pouco.

Aos 43, Thiaguinho recebeu na perto da área e bateu forte, no canto de Zé Augusto, voltando a ampliar a vantagem.

O placar do primeiro tempo parecia que seria definitivo, mas nos acréscimos, aos 49 minutos. O cruzamento da esquerda encontrou Rincón que cabeça quase à queima-roupa e Zé Augusto defendeu, mas na sobra, Eliezer aproveitou para bater e transformar a vitória do Corumbaense em goleada e fazer a festa com a torcida nas arquibancadas.

Grupo A


Portuguesa 0 x 0 Costa Rica

O Campeonato Sul-Mato-Grossense 2024, organizado pela Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS), tem apoio do Governo do Estado, por meio da SETESC e Fundesporte.

 

Vôlei de praia

As duplas Duda e Ana Patrícia, Matheuzinho e Moisés levaram o ouro na 1ª Etapa do Circuito Nacional

Mesmo sem praia, campo-grandenses apoiaram a competição com entusiasmo, comparecendo em peso para prestigiar o evento

25/02/2024 15h21

Próximo desafio são as Olimpíadas 2024 que serão realizadas em Paris. Foto: Gerson Oliveira

Continue Lendo...

As duplas Duda e Ana Patrícia e Matheuzinho e Moisés brilharam intensamente, garantindo a medalha de ouro na emocionante 1ª etapa do Circuito Nacional de Vôlei de Praia, realizado no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande. Mesmo sem o cenário tradicional de praia, a competição contou com o apoio fervoroso dos campo-grandenses, que compareceram em peso para prestigiar o esporte.

No vôlei de praia feminino, a dupla Duda e Ana Patrícia demonstrou um desempenho notável ao conquistar a medalha de ouro em uma emocionante disputa contra a dupla Hege e Vitória, vencendo por 2 sets a 0. Duda compartilhou sua satisfação com o resultado.

"Nós trabalhamos um direcionamento, que o trabalho está no caminho certo e a gente fica muito feliz. É muito difícil. Realmente muito mais difícil do que eu acho que todo mundo. Ficar a melhor performance que é o que a gente sempre busca, mas, graças a Deus, hoje novamente deu certo. Sempre muito bem acolhido, sempre a torcida se fazendo presente. Esse acolhimento alimenta a gente na quadra. Isso com certeza dá ainda mais força. Então é muito prazeroso estar aqui novamente no Mato Grosso do Sul."

No vôlei de praia masculino, a dupla Matheuzinho e Moisés surpreendeu ao conquistar o ouro na categoria. Matheuzinho compartilhou sua experiência.

"Conseguimos o primeiro lugar nesta primeira etapa. Começamos bem, vamos ver o que o futuro reserva."

A dupla Alison e Igor conquistou a medalha de prata ao ficar em segundo lugar na emocionante competição. Alison, que é parceiro de Igor, destacou a dedicação da equipe e a alegria pelo desempenho alcançado.

"Estou competindo há 11 anos, sempre chegando às finais. Essa adrenalina, essa ansiedade, jogando com um parceiro mais jovem, em uma categoria diferente, contra um adversário muito novo. É um novo capítulo na minha carreira, e isso está me fazendo muito bem. Estou dando o meu melhor."

Alison, medalhista olímpico de ouro no Rio 2016, compartilhou suas impressões sobre o retorno à competição nesta etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei em Campo Grande, após uma pausa na carreira. Durante sua 20ª temporada, ele expressou entusiasmo pelo vôlei de praia brasileiro e pela participação dos quatro times que representarão o Brasil.

"O vôlei de praia brasileiro sempre se destaca. Os quatro times que vão representar o Brasil certamente farão um excelente trabalho. Desta vez, graças a Deus, também poderei estar lá torcendo por todos."

O Circuito Nacional de Vôlei de Praia em Campo Grande não apenas ofereceu competições acirradas, mas também serviu como palco para o brilho dessas duplas brasileiras, que continuam a inspirar a próxima geração de atletas no cenário esportivo nacional.

Assine o Correio do Estado.

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).