Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

REESTREIA

Atlético-MG viaja para duelo da Copa do Brasil sem Tardelli e Réver

Recém-contratado, Tardelli não foi incluído pelo técnico no próximo jogo
25/02/2020 23:00 - Estadão Conteúdo


 

Ainda não será nesta quarta-feira que Diego Tardelli fará a sua reestreia pelo Atlético Mineiro. Recém-contratado pelo clube, o atacante não foi incluído pelo técnico Rafael Dudamel na lista de relacionados para o duelo com o Afogados de Ingazeira, no sertão pernambucano, pela segunda fase da Copa do Brasil.

Tardelli está regularizado no BID da CBF e tem participado dos treinamentos do elenco na Cidade do Galo. Mas a longa inatividade o força a melhorar o condicionamento físico antes de ficar à disposição de Dudamel.

Além de Tardelli, o Atlético-MG terá outros dois desfalques contra o Afogados. Patric e Réver estão lesionados e não podem ser aproveitados nesta quarta-feira. Ambos tem lesões na coxa esquerda, sendo que o zagueiro se lesionou na última quinta, durante o duelo com o Unión, enquanto o lateral nem foi relacionado para o confronto pela Copa Sul-Americana por causa desse problema.

Já o volante Allan, que havia sido desfalque na partida contra o Unión por estar suspenso, voltará a ser aproveitado por Dudamel, que não indicou se manterá a formação com três zagueiros.

Assim, a tendência é que o time entre em campo com: Michael; Guga, Gabriel, Igor Rabello e Guilherme Arana; Jair, Allan, Nathan, Hyoran e Otero (Iago Maidana); Di Santo.

Confira a lista de relacionados do Atlético-MG:

Goleiros: Michael e Victor.

Zagueiros: Gabriel, Igor Rabello, Iago Maidana e Gustavo Henrique.

Laterais: Mailton, Guga, Fábio Santos e Guilherme Arana.

Volantes: Allan, Jair, Ramón Martínez e Zé Welison.

Meias: Hyoran, Marquinhos, Otero, Nathan, Dylan Borrero e Savarino.

Atacantes: Ricardo Oliveira, Di Santo e Edinho.

Felpuda


Apressadas que só, figurinhas tentaram se “apoderar” do protagonismo de decisão administrativa. Não ficaram sequer vermelhas quando se assanharam todas para dizer que tinham sido responsáveis pela assinatura de documento que, aliás, era uma medida estabelecida desde 2019. Quem viu o agito da dupla não pode deixar de se lembrar daquele pássaro da espécie Molothrus bonarienses, mais conhecido como chupim, mesmo. Afe!