Clique aqui e veja as últimas notícias!

COPA DO MUNDO

Brasil vence o Paraguai por 2 a 0 e dispara na liderança das eliminatórias

Seleção conquista sexta vitória em seis jogos, em partida realizada em Assunção
08/06/2021 22:40 - Estadão Conteúdo


A seleção brasileira masculina principal manteve seus 100% de aproveitamento nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do Qatar ao vencer o Paraguai nesta terça-feira (8), por 2 a 0, no estádio Defensores del Chaco.
Foi a sexta vitória em seis partidas, com 18 pontos somados e uma situação que já é muito confortável na classificação para 2022, com seis pontos a mais que a vice-líder Argentina na tabela.
Também é o fim de um tabu de 35 anos sem vitórias brasileiras no Paraguai -foram quatro jogos desde então.
Os gols que encerraram essa marca negativa foram marcados por Neymar logo no começo do jogo, o que o transformou em um dos maiores goleadores da história da seleção em Eliminatórias, e Lucas Paquetá já nos acréscimos do segundo tempo.
Passada a rodada dupla de Eliminatórias, as duas seleções iniciam a preparação para a Copa América que começa em cinco dias em território brasileiro.
Pelo Grupo A, o Paraguai enfrenta a Bolívia na próxima segunda-feira (14), no estádio Olímpico de Goiânia. Já o Brasil, que está no Grupo B, entra em campo um dia antes, às 18h, contra a Venezuela, no Mané Garrincha, em Brasília.

PARAGUAI
Antony Silva; Robert Rojas (Alberto Espíndola), Gustavo Gómez, Junior Alonso, Alderete e Arzamendia; Gastón Giménez (Avalos), Ángel Cardozo (Bareiro) e Villasanti (Óscar Romero); Almirón e Ángel Romero (Samudio). T.: Eduardo Berizzo

BRASIL
Ederson; Danilo, Éder Militão, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro, Fred (Lucas Paquetá) e Roberto Firmino (Douglas Luiz); Gabriel Jesus (Gabigol), Richarlison (Éverton Cebolinha) e Neymar. T.: Tite

Estádio: Defensores del Chaco, em Assunção (PAR)
Árbitro: Patricio Loustau (ARG)
Assistentes: Ezequiel Brailovsky e Gabriel Chade (ARG)
Quarto árbitro: Dario Herrera (ARG)
VAR: Mauro Vigliano (ARG)
Cartões amarelos: Gustavo Gómez, Ángel Cardozo, Bareiro, Junior Alonso e Alderete (PAR); Fred e Gabriel Jesus (BRA)
Gols: Neymar (BRA), aos 3/1ºT; Lucas Paquetá (BRA), aos 47/2ºT