Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

FUTEBOL

Clubes seguem sem data para volta aos treinos em São Paulo

Em consequência, o Campeonato Paulista segue sem data para ser retomado
05/05/2020 03:00 - Estadão Conteúdo


 

O Campeonato Paulista segue sem data para ser retomado. Nesta segunda-feira (4), em reunião promovida pela Federação Paulista de Futebol (FPF) e que contou com a presença dos representantes dos clubes, ficou decidido que as atividades só vão ser retomadas quando houver o aval das autoridades de saúde estaduais e municipais.

O Paulistão foi paralisado após a conclusão da décima rodada da primeira fase, em 16 de março, em função da pandemia do coronavírus. Ainda faltavam duas jornadas para o encerramento da etapa classificatória às quartas de final. Na semana passada, porém, em encontro entre a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), membros das federações e do Ministério da Saúde, se colocou em pauta a possibilidade de os campeonatos estaduais serem retomados no dia 17.

Porém, já se imaginava que isso não ocorreria em São Paulo, o estado com o maior número de casos de coronavírus no Brasil. E a reunião desta segunda-feira ratificou a postura de que o campeonato e os treinos só recomeçarão quando for permitido pela Secretária Estadual de Saúde. Foi uma decisão diferente da adotada no Rio de Janeiro pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), que liberou a realização de treinos pelos clubes - o governo do Estado e a Prefeitura do Rio, porém, vetaram essa possibilidade.

"O futebol paulista, unido e consciente de seu papel perante à sociedade, afirma que apenas voltará às atividades quando as autoridades de saúde estadual e municipais permitirem, preservando a integridade de todos os envolvidos na organização das partidas", afirma trecho de comunicado oficial divulgado após a reunião.

São Paulo está em isolamento social até o próximo domingo, por determinação do governador João Doria, que deve anunciar novas medidas nos próximos dias, especialmente sobre como e quando o Estão poderá deixar essa condição. Até por isso, embora o período de 30 dias de férias dos clubes tenha chegado ao fim, nenhum time retomou as atividades - nesta segunda-feira, o Palmeiras definiu que os jogadores vão continuar a trabalhar dentro de casa, porém, vão seguir as instruções transmitidas ao vivo por um membro da comissão técnica do clube

Na reunião desta segunda, ficou determinado que a volta aos Centros de Treinamentos (CTs) também só ocorrerá de modo conjunto entre as equipes. "Esta coesão e o compromisso com a saúde pública também se refletem no retorno aos treinos. Em comum acordo, todos os clubes decidiram voltar aos treinamentos em conjunto, na mesma data, que será acordada assim que houver a autorização por parte das autoridades de saúde. O mesmo prazo será aplicado a equipe de arbitragem da FPF", afirma o comunicado.

Anteriormente, federação e clubes haviam definido que o Paulistão será encerrado dentro de campo, sem alterações no regulamento de disputa, a não ser a liberação para inscrição de novos jogadores.

Diante dos efeitos econômicos provocados pela pausa do campeonato, a federação também definiu que utilizará o dinheiro que seria investido na organização da festa de premiação do campeonato, agora oficialmente cancelada, e os R$ 120 mil de ajuda da CBF no "Protocolo de Retomada do Futebol".

"A FPF decidiu que não realizará em 2020 a tradicional Festa de Premiação dos Melhores do Campeonato. O valor que seria investido no evento será integralmente revertido para o custeio do Protocolo de Retomada do Futebol. O mesmo acontecerá em relação ao apoio financeiro recebido pela CBF, no valor de R$ 120 mil", diz a FPF.

A federação também destaca que um protocolo foi enviado para o governo estadual com os planos para retomada da competição. "A Federação Paulista de Futebol mantém contato constante com o Governo do Estado de São Paulo e enviou o Protocolo de Retomada do Futebol, produzido pela Comissão Médica da FPF, presidida pelo professor doutor Moisés Cohen. O documento contém medidas preventivas e de controle para o término da competição tão logo as autoridades permitam", diz.

 

Felpuda


Figurinha carimbada ganhou o apelido de “biruta”, instrumento que indica direção do vento e, por isso, muda constantemente. Dizem que a boa vontade até existente ficou no passado, e as reclamações são muitas, mas muitas mesmo, diante das decisões que vem tomando a cada mudança de humor do eleitorado. Como bem escreveu o poetinha Vinicius de Moraes: “Se foi pra desfazer, por que é que fez?”.