Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAMPEONATO BRASILEIRO

Com gol contra, Flu ganha por 1 a 0 e impõe a 3ª derrota seguida ao Athletico-PR

Time do Rio de Janeiro chega a sete pontos na tabela de classificação, um a mais que a equipe do Paraná
22/08/2020 18:00 - Estadão Conteúdo


O Fluminense visitou o Athletico-PR neste sábado, na Arena da Baixada, e venceu a equipe de Curitiba por 1 a 0, em jogo válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. 

O gol da vitória carioca foi marcado contra pelo zagueiro colombiano Felipe Aguilar. É o primeiro triunfo do time do Rio de Janeiro na casa do adversário em cinco anos.

Com isso, o Fluminense chega a sete pontos na tabela de classificação, um a mais que o Athletico-PR. 

O clube paranaense, por sua vez, amarga a terceira derrota consecutiva na competição, após perder para Santos e Palmeiras. O resultado deixa a equipe carioca na sexta posição, imediatamente à frente do concorrente rubro-negro.

Além da sequência negativa, o Athletico-PR ainda tem de enfrentar um drama com sua comissão técnica. 

O treinador Dorival Júnior contraiu o novo coronavírus e não comanda o time na beira do campo desde o jogo contra o Santos, no domingo passado. 

Para piorar, neste sábado, o filho e auxiliar Lucas Silvestre, que vinha substituindo o pai, também testou positivo para a covid-19 Para a partida deste sábado, os donos da casa foram comandados pelo auxiliar Leonardo Porto.

O jogo começou com bastante intensidade do Fluminense, mas o Athletico-PR passou a dominar a posse de bola após cerca de 10 minutos e tentou buscar espaços no campo de defesa do time adversário, sem sucesso.

Entretanto, aos 24 minutos, os visitantes responderam e fizeram gol posteriormente anulado após intervenção do árbitro de vídeo. Egídio cruzou da esquerda, o goleiro Santos salvou após cabeceio de Digão, mas Luccas Claro marcou no rebote. 

O árbitro gaúcho Daniel Nobre Bins foi chamado para revisar o lance com o VAR e, após cerca de dois minutos, anulou o gol de forma polêmica. O juiz viu falta de Digão em Richard. Paulo Henrique Ganso reclamou muito e tomou cartão amarelo.

Aos 32 minutos, o Athletico-PR levou perigo com Vitinho, que bateu pelo lado esquerdo, forçando o goleiro Muriel a boa defesa. Dois minutos depois, Luiz Henrique sentiu e foi substituído por Wellington Silva no Fluminense. 

Logo após a troca, os visitantes voltaram a ameaçar a meta mandante. Em bola roubada, Michel Araújo finalizou cruzado e Santos precisou defender com as pernas. No rebote, Yuri bateu por cima do gol. Foi o prenúncio da pressão carioca no fim do primeiro tempo.

Os cariocas tiveram novo gol anulado aos 37 minutos. Após falta cobrada por Ganso, Luccas Claro cabeceou e Santos voltou a salvar, mas Michel Araújo aproveitou o rebote. Entretanto, Luccas Claro foi flagrado em impedimento na origem da jogada. O VAR confirmou a decisão.

Pouco antes do intervalo, aos 44 minutos, o time da casa respondeu: Richard recebeu por elevação nas costas da defesa do Fluminense e finalizou de primeira, mas a bola saiu à esquerda da meta defendida por Muriel. 

E quem não faz, leva. Nos acréscimos, aos 48, Michel Araújo enfiou boa bola para Yuri Lima, que cruzou rasteiro e contou com a sorte para ver o time do Rio abrir o placar. Zagueiro do Athletico-PR, o colombiano Felipe Aguilar tentou afastar o perigo, mas acabou marcando contra. Desta vez, valeu.

No segundo tempo, o Fluminense seguiu bem e a equipe da casa fez substituições para tentar reagir. Assim, Vinícius Mingotti saiu para a entrada de Walter, que não jogava há 21 meses, desde que estava no CSA. O centroavante emagreceu 23 kg (chegou pesando 117 kg) desde maio.

As trocas surtiram efeito apenas no fim do jogo. Aos 41 minutos, Geuvânio aproveitou rebote e bateu de primeira com a perna direita, mas Muriel, que estava ajoelhado no chão após afastar cruzamento, esticou o braço direito e salvou o Fluminense.

Aos 45 minutos, o goleiro voltou a ser determinante. Após bola cruzada, Lucho González cabeceou no canto, mas Muriel se esticou todo para fazer a defesa. A bola ainda bateu no travessão, mas a defesa afastou para garantir o primeiro triunfo do Fluminense como visitante neste campeonato.

A equipe tricolor volta a campo nesta terça-feira, às 21h30, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, contra o Figueirense. É o jogo de volta da terceira rodada da Copa do Brasil. Na ida, os catarinenses abriram vantagem com vitória por 1 a 0. 

Já o Athletico-PR joga no dia seguinte, às 19 horas, no estádio do Morumbi, na capital paulista, contra o São Paulo, em jogo adiantado da 11.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 
 

Felpuda


A lista do Tribunal  de Contas de MS,  com nomes de gestores que tiveram reprovados os balanços financeiros  de quando exerceram cargos públicos,  está deixando  muitos candidatos de cabeça quente.  Conforme previsto  pelo Diálogo, adversários estão se utilizando de tais dados para cobrar, principalmente nas redes sociais, deixando alguns gestores na maior saia justa e tendo que se explicar. O eleitor, por enquanto, só observa. E dê-lhe!