Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PAULISTÃO

Com novo erro da arbitragem, São Paulo perde para o Santo André por 2 a 1

Jogo foi neste domingo, no estádio Bruno José Daniel, em Santo André
09/02/2020 23:00 - Estadão Conteúdo


Após novo erro da arbitragem e muitas chances desperdiçadas, o São Paulo perdeu por 2 a 1 para o Santo André, neste domingo, jogando no estádio Bruno José Daniel, em Santo André, no ABC paulista. Fernandinho e Dudu Vieira marcaram para os mandantes, donos da melhor campanha do Campeonato Paulista com 12 pontos, após cinco rodadas, e líderes do Grupo B. Daniel Alves descontou de falta para o time tricolor, que estaciona nos 8 e ocupa a terceira posição do Grupo C.

Quem esperava um jogo truncado por conta da forte chuva que caiu na região horas antes de a bola rolar se enganou. Apesar do campo apresentar várias poças, principalmente na faixa central do gramado, as duas equipes conseguiram se adaptar rapidamente e criaram boas jogadas.

E logo aos 4 minutos, o Santo André abriu o placar. Fernandinho aproveitou rebote da defesa e acertou um belo chute, de fora da área, fora do alcance do goleiro Tiago Volpi. O lance, no entanto, gerou muita reclamação. Na origem da jogada, o atacante Ronaldo estava impedido e disputou o lance. Mas a arbitragem confirmou o 1 a 0. Vale lembrar que o trio (árbitro e auxiliares) que atuou no empate entre São Paulo e Novorizontino, na última segunda-feira, foi afastado pela Federação Paulista de Futebol (FPF) após a grande quantidade de erros contra o time tricolor.

Mesmo com o placar adverso, os comandados do técnico Fernando Diniz conseguiram criar boas chances de empatar, principalmente com Hernanes. O meia acertou uma finalização na trave e, em outra oportunidade, exigiu grande intervenção do goleiro Fernando Henrique.

Apesar de pressionado, o Santo André conseguiu se segurar e apostou nos contra-ataques. Foi assim que surgiu o gol de Dudu Vieira. Marlon avançou em velocidade pela esquerda e encontrou o volante infiltrando no meio da área. Livre, ele só teve o trabalho de escorar para o fundo do gol. O mesmo Dudu Vieira quase fez outro, em jogada idêntica, mas acabou parando em Tiago Volpi.

Depois de sair de campo muito vaiado, o São Paulo voltou para o segundo tempo com duas mudanças. Juanfran e Anderson Martins, que foi titular no lugar do lesionado Bruno Alves, deram lugares para Everton e Igor Vinícius. Com as alterações, o time passou a contar apenas com o equatoriano Arboleda como zagueiro de ofício

Sem conseguir atacar, o Santo André acabou atraindo o rival para seu campo. E depois de tanto pressionar, e perder uma chance incrível Vitor Bueno, o São Paulo descontou com Daniel Alves, de falta. A cobrança de longa distância desviou na barreira e tirou Fernando Henrique do lance.

A bola parada, aliás, virou uma alternativa para o São Paulo quando seus jogadores já não tinham mais pernas para criar jogadas e envolver a defesa adversária. O placar, no entanto, não voltou a ser movimentado.

Com a derrota, o São Paulo vai para o clássico contra o Corinthians, no próximo sábado, às 19 horas, no estádio do Morumbi, pressionado. Nesta semana, Antony e Igor Gomes, dupla estava com a seleção na disputa do Pré-Olímpico, voltam a ser opção para o setor de ataque.

FICHA TÉCNICA

SANTO ANDRÉ 2 x 1 SÃO PAULO

SANTO ANDRÉ - Fernando Henrique; Ricardo Luz, Luizão, Rodrigo e Marlon; Paulinho (Nando Carandina), Dudu Vieira e Vitinho; Fernandinho (Julinho), Guilherme Garré (Buiú) e Ronaldo. Técnico: Paulo Roberto Santos.

SÃO PAULO - Tiago Volpi; Juanfran (Igor Vinícius), Anderson Martins (Everton), Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Hernanes (Brenner); Vítor Bueno, Pablo e Alexandre Pato. Técnico: Fernando Diniz.

GOLS - Fernandinho, aos 5, e Dudu Vieira, aos 34 minutos do primeiro tempo; Daniel Alves, aos 16 minutos do segundo tempo.

CARTÃO AMARELO - Vitinho (Santo André).

ÁRBITRO - Vinicius Gonçalves Dias Araújo.

RENDA - R$ 353.980,00.

PÚBLICO - 6.404 pagantes.

LOCAL - Estádio Bruno José Daniel, em Santo André (SP).

Felpuda


Devidamente identificadas as figurinhas que agiram “na sombra” em clara tentativa de prejudicar cabeça coroada. Neste segundo semestre, os primeiros sinais começarão a ser notados como reação e “troco” de quem foi atingido. Nos bastidores, o que se ouve é que haverá choro e ranger de dentes e que quem pretendia avançar encontrará tantos, mas tantos empecilhos, que recuar será sua única opção na jornada política. Como diz o dito popular: “Quem muito quer...”.