Clique aqui e veja as últimas notícias!

CAMPEONATO ESTADUAL

Depois de impasse na justiça, jogo entre Comercial e Aquidauanense é marcado para o próximo domingo

Comercial chega à semifinal após Tribunal punir o Operário Futebol Clube por escalar jogador impedido
11/12/2020 09:46 - Gabrielle Tavares


Os jogos da semifinal entre Aquidauanense Futebol Clube e Esporte Clube Comercial, que estavam suspensas pelo Tribunal de Justiça Desportiva de Mato Grosso do Sul (TJD-MS), tiveram suas datas marcadas.

O confronto de ida pelo Campeonato Sul-Mato-Grossense de Futebol Profissional Série A 2020 será neste domingo (13), às 15 horas, no Estádio Morenão, em Campo Grande.

Acompanhe as últimas notícias

A volta foi marcada para quarta-feira (16), no Estádio Noroeste, em Aquidauana, às 15 horas. As competições contam com apoio do Governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte).

Como teve melhor desempenho na fase classificatória, o Aquidauanense precisa apenas de empate nos pontos e saldo de gols ao fim dos dois jogos, conforme diz o regulamento da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS).

Quem passar, encara na final o Esporte Clube Águia Negra, que eliminou a Sociedade Esportiva Recreativa Chapadão (Serc). A primeira partida da final está marcada para 20 de dezembro, às 15 horas. A data do jogo de volta ainda será definida pela FFMS, mas deve ocorrer em 23 de dezembro, quarta-feira.

O Colorado chega à semifinal após o TJD-MS punir o Operário Futebol Clube, seu adversário nas quartas de final, com a perda de seis pontos e, consequentemente, a eliminação do Campeonato.

O Operário escalou irregularmente o lateral-direito Emerson Santos na partida de ida desta fase. Segundo o regulamento, o jogador deveria ter cumprido suspensão automática, após receber três cartões amarelos.

O julgamento do caso foi realizado na quarta-feira (9), por videoconferência, e os cinco auditores do tribunal desportivo votaram pela condenação do Alvinegro campo-grandense, que ainda terá de pagar multa no valor de R$ 500,00.