Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PAULISTÃO

Corinthians derrota o Oeste e avança com ajuda do São Paulo

Corinthians precisava da vitória do Tricolor para se classificar
26/07/2020 18:01 - Estadão Conteúdo


Assim como aconteceu em 2004, o Corinthians foi ajudado pelo rival São Paulo no Campeonato Paulista. Neste domingo, pela 12.ª e última rodada da fase de classificação, o time alvinegro derrotou o Oeste por 2 a 0, na Arena Barueri, em Barueri (SP), e precisava que o Guarani não ganhasse do time tricolor na Vila Belmiro, em Santos. 

A equipe do Morumbi venceu por 3 a 1 e agora o clube alvinegro, garantido nas quartas de final, tem a chance de conquistar o tetra estadual.

Há 16 anos, o Corinthians fez uma péssima campanha e entrou na última rodada com risco de rebaixamento. Era só derrotar a Portuguesa Santista no estádio do Pacaembu para se livrar, mas perdeu e ficou na dependência do resultado do Juventus contra o São Paulo, em São Caetano do Sul (SP).

 Com dois gols do centroavante Grafite, o time tricolor venceu e salvou o rival.

Desta vez, o Corinthians chegou aos 17 pontos, em segundo lugar no Grupo D, e ficou um à frente do Guarani. 

No meio de semana pegar o Red Bull Bragantino nas quartas de final. O mando é da equipe de Bragança Paulista (SP), que não pode jogar em sua casa porque a cidade não faz parte da fase amarela do plano de reabertura criado pelo governo de São Paulo. 

Assim, nesta segunda-feira, em reunião na Federação Paulista de Futebol (FPF), a entidade definirá datas, horários e locais dos jogos.

Para o Oeste, a derrota para o Corinthians significou o rebaixamento à Série A2 em 2021. Com 10 pontos, o time de Barueri foi o pior entre os 16 participantes e, junto com o Água Santa, vai disputar a segunda divisão estadual.

Em campo, o Corinthians teve maior posse de bola no primeiro tempo, com 72%, mas as melhores oportunidades até pouco antes do intervalo foram todas do Oeste. 

O ataque do time de Barueri chegou quatro vezes com perigo ao gol de Cássio, que foi obrigado a fazer boas defesas em chutes de Mazinho, aos sete, e de Eder Sciola, aos 17 minutos.

Na única que vez que conseguiu uma finalização à meta defendida pelo goleiro Glauco, o Corinthians abriu o placar. Já nos acréscimos, aos 47 minutos, em cobrança de falta na lateral da área pelo lado esquerdo, Luan bateu na entrada da pequena área e Danilo Avelar, dando uma de centroavante, apareceu de cabeça para marcar o gol.

Para segunda etapa, o técnico Tiago Nunes resolveu colocar Éderson no lugar de Camacho e a atuação do Corinthians melhorou bastante, especialmente no setor defensivo.

O time alvinegro não tomou tantos sustos como no tempo inicial e conseguiu manter o resultado positivo, aumentado aos 45 minutos com um belo gol de Éderson em um chute da entrada da área, que garantiu a classificação às quartas de final.

 
 

FICHA TÉCNICA

OESTE 0 x 2 CORINTHIANS

OESTE - Glauco; Eder Sciola, Sidimar, Renan Fonseca e Gustavo Salomão (De Paula); Betinho, Matheus Oliveira (Kauã Jesus) e Mazinho (Tite); Marlon, Bruno Lopes (Welliton) e Bruno Paraíba (Bruno Gonçalves). Técnico: Renan Freitas.

CORINTHIANS - Cássio; Fagner, Gil, Danilo Avelar e Carlos Augusto; Gabriel, Camacho (Éderson), Ramiro (Sidcley) e Luan (Matheus Davó); Everaldo (Janderson) e Boselli (Mateus Vital). Técnico: Tiago Nunes.

GOL - Danilo Avelar, aos 47 minutos do primeiro tempo; Éderson, aos 45 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Marlon (Oeste); Gabriel e Danilo Avelar (Corinthians).

CARTÃO VERMELHO - Marlon (Oeste).

ÁRBITRO - Luiz Flávio de Oliveira (Fifa).

RENDA E PÚBLICO - Jogo com portões fechados.

LOCAL - Arena Barueri, em Barueri (SP).

 

Felpuda


Apressadas que só, figurinhas tentaram se “apoderar” do protagonismo de decisão administrativa. Não ficaram sequer vermelhas quando se assanharam todas para dizer que tinham sido responsáveis pela assinatura de documento que, aliás, era uma medida estabelecida desde 2019. Quem viu o agito da dupla não pode deixar de se lembrar daquele pássaro da espécie Molothrus bonarienses, mais conhecido como chupim, mesmo. Afe!