Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PAULISTÃO

Corinthians derrota o Oeste e avança com ajuda do São Paulo

Corinthians precisava da vitória do Tricolor para se classificar
26/07/2020 18:01 - Estadão Conteúdo


Assim como aconteceu em 2004, o Corinthians foi ajudado pelo rival São Paulo no Campeonato Paulista. Neste domingo, pela 12.ª e última rodada da fase de classificação, o time alvinegro derrotou o Oeste por 2 a 0, na Arena Barueri, em Barueri (SP), e precisava que o Guarani não ganhasse do time tricolor na Vila Belmiro, em Santos. 

A equipe do Morumbi venceu por 3 a 1 e agora o clube alvinegro, garantido nas quartas de final, tem a chance de conquistar o tetra estadual.

Há 16 anos, o Corinthians fez uma péssima campanha e entrou na última rodada com risco de rebaixamento. Era só derrotar a Portuguesa Santista no estádio do Pacaembu para se livrar, mas perdeu e ficou na dependência do resultado do Juventus contra o São Paulo, em São Caetano do Sul (SP).

 Com dois gols do centroavante Grafite, o time tricolor venceu e salvou o rival.

Desta vez, o Corinthians chegou aos 17 pontos, em segundo lugar no Grupo D, e ficou um à frente do Guarani. 

No meio de semana pegar o Red Bull Bragantino nas quartas de final. O mando é da equipe de Bragança Paulista (SP), que não pode jogar em sua casa porque a cidade não faz parte da fase amarela do plano de reabertura criado pelo governo de São Paulo. 

Assim, nesta segunda-feira, em reunião na Federação Paulista de Futebol (FPF), a entidade definirá datas, horários e locais dos jogos.

Para o Oeste, a derrota para o Corinthians significou o rebaixamento à Série A2 em 2021. Com 10 pontos, o time de Barueri foi o pior entre os 16 participantes e, junto com o Água Santa, vai disputar a segunda divisão estadual.

Em campo, o Corinthians teve maior posse de bola no primeiro tempo, com 72%, mas as melhores oportunidades até pouco antes do intervalo foram todas do Oeste. 

O ataque do time de Barueri chegou quatro vezes com perigo ao gol de Cássio, que foi obrigado a fazer boas defesas em chutes de Mazinho, aos sete, e de Eder Sciola, aos 17 minutos.

Na única que vez que conseguiu uma finalização à meta defendida pelo goleiro Glauco, o Corinthians abriu o placar. Já nos acréscimos, aos 47 minutos, em cobrança de falta na lateral da área pelo lado esquerdo, Luan bateu na entrada da pequena área e Danilo Avelar, dando uma de centroavante, apareceu de cabeça para marcar o gol.

Para segunda etapa, o técnico Tiago Nunes resolveu colocar Éderson no lugar de Camacho e a atuação do Corinthians melhorou bastante, especialmente no setor defensivo.

O time alvinegro não tomou tantos sustos como no tempo inicial e conseguiu manter o resultado positivo, aumentado aos 45 minutos com um belo gol de Éderson em um chute da entrada da área, que garantiu a classificação às quartas de final.

 
 

FICHA TÉCNICA

OESTE 0 x 2 CORINTHIANS

OESTE - Glauco; Eder Sciola, Sidimar, Renan Fonseca e Gustavo Salomão (De Paula); Betinho, Matheus Oliveira (Kauã Jesus) e Mazinho (Tite); Marlon, Bruno Lopes (Welliton) e Bruno Paraíba (Bruno Gonçalves). Técnico: Renan Freitas.

CORINTHIANS - Cássio; Fagner, Gil, Danilo Avelar e Carlos Augusto; Gabriel, Camacho (Éderson), Ramiro (Sidcley) e Luan (Matheus Davó); Everaldo (Janderson) e Boselli (Mateus Vital). Técnico: Tiago Nunes.

GOL - Danilo Avelar, aos 47 minutos do primeiro tempo; Éderson, aos 45 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Marlon (Oeste); Gabriel e Danilo Avelar (Corinthians).

CARTÃO VERMELHO - Marlon (Oeste).

ÁRBITRO - Luiz Flávio de Oliveira (Fifa).

RENDA E PÚBLICO - Jogo com portões fechados.

LOCAL - Arena Barueri, em Barueri (SP).

 

Felpuda


Candidato a vereador caiu em desgraça, pelo menos em um dos bairros de Campo Grande, ao promover comício em ginásio de esporte, com direito a ônibus lotados e espoucar de muitos fogos de artifício.

Aí dito-cujo foi alvo de muitas críticas, tanto pela zoeira causada, como por ter mandado às favas quaisquer cuidados na prevenção da Covid-19, ao promover grande aglomeração. Irresponsabilidade é pouco, hein?!