Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ATACANTE

Damião recebe proposta de <br>R$ 60 milhões do Olympique

Atleta está emprestado ao Cruzeiro, mas tem contrato com o Santos, até 2016
31/08/2015 16:20 - FOLHAPRESS


 

O atacante Leandro Damião recebeu uma proposta do Olympique de Marseille (FRA). A poucas horas do fechamento da janela de transferência para clubes europeus, a equipe da França ofereceu 15 milhões de euros, cerca de R$ 60 milhões.

Emprestado para o Cruzeiro desde o início do ano, o atleta ainda tem contrato com o Santos, até o final de 2016. Ele entrou na Justiça pedindo a liberação do clube paulista, após reclamar de atrasos em pagamentos. Nos tribunais, o time alvinegro já conseguiu três vitórias contra o atacante, mas o caso ainda não está definido até que o mérito seja julgado em todas as instâncias.

A diretoria da Vila Belmiro contratou Damião no início de 2014, com aporte do fundo maltês Doyen Sports, pelo valor de 13 milhões de euros, na época cerca de R$ 42 milhões, que seriam devolvidos pelo clube de forma parcelada, de acordo com o combinado.

A proposta foi confirmada para a reportagem por dirigentes do Santos, pela Doyen e pelo empresário do atacante, Vinicius Prattes, que disse que ele vai permanecer no Brasil.

"A proposta chegou hoje [segunda]. Mas o que eu tenho para falar até esse momento é que ele não vai. O Leandro é um cara muito diferente dos outros jogadores e me disse que quer ficar para ajudar o time a sair dessa situação. Disse que não quer abandonar a equipe agora", afirmou o agente, em contato com a reportagem.

"A proposta acabou de chegar, mas tem toda uma questão jurídica que ainda temos que definir. Não dá para dizer ainda o que vai acontecer. Vamos sentar agora para ver isso. É de R$ 60 milhões, do Olympique de Marseille", completou César Conforti, vice-presidente do clube.

Felpuda


Sem conseguir controlar a verborragia, figurinha estreante no mundo político-partidário, e que se acha “o último biscoito do pacote”, acabou batendo de frente com titãs da política. Primeiro perdeu os anéis e, agora, os dedos correm sérios riscos. Anda “ameaçando” deixar o lugar onde se encontra, só que por lá vem ouvindo frases como “se é por falta de adeus...”, “os incomodados que se mudem” e “não fará nenhuma falta”.

Como se vê...