Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SELEÇÃO BRASILEIRA

Dunga corta Oscar e Ramires e chama Coutinho e Rafinha

Os convocados de Dunga se apresentam no domingo para viajar a Nova Jersey
28/08/2015 16:19 - GAZETA ESPORTIVA


 

Depois de ter causado polêmica com a última lista de convocados da Seleção Brasileira, ao deixar de fora Philippe Coutinho, um dos principais jogadores brasileiros na temporada europeia e grande destaque do Liverpool, Dunga finalmente chamou o jogador para os amistosos contra Estados Unidos e Costa Rica, em consequência da lesão de Oscar, que foi cortado. Rafinha Alcântara, do Barcelona, também ganhou uma chance, no lugar de Ramires.

A dupla do Chelsea começou a temporada atuando normalmente pela equipe inglesa, mas ambos apresentaram problemas físicos e serão poupados dos próximos compromissos da Seleção Brasileira.

Rafinha Alcântara, irmão de Thiago, que defende a seleção espanhola, foi chamado pela primeira vez para a seleção principal. Como o armador estava no grupo que integrava a Seleção olímpica, Dunga também terá de anunciar um substituto no elenco sub-23.

Já Coutinho volta a defender a Seleção Brasileira depois de estar presente no time que fracassou na Copa América. Grande esperança da torcida para ser um dos destaques com a amarelinha, o jovem meio-campista tem mais uma chance para se garantir no grupo.

Os convocados de Dunga se apresentam no domingo para viajar a Nova Jersey, onde iniciam a preparação para as partidas amistosas contra e Costa Rica e Estados Unidos, que irão ocorrer nos dias 5 e 8 de setembro, respectivamente.

Felpuda


Mesmo sabendo que não é fácil conquistar a vitória, alguns políticos em pleno exercício do mandato disputam eleições, querendo trocar o Legislativo pelo Executivo e se dizendo preocupados com as necessidades do município. 

A jogada é antiga: fazem campanha eleitoral antecipada, pois vão tentar a reeleição, e começam a “trabalhar” o nome desde já. É bom lembrar o dito popular: “De boas intenções o inferno está cheio”. Ah, o poder!