Clique aqui e veja as últimas notícias!

LEI

Ex-atletas terão ingresso gratuito em competições esportivas em Mato Grosso do Sul

Objetivo é valorizar os profissionais que se dedicaram por anos ao esporte no Estado
11/09/2020 14:00 - Glaucea Vaccari


Ex-atletas profissionais terão entrada gratuita em competições esportivas realizadas em ginásios, estádios e demais locais deste tipo em Mato Grosso do Sul.

Lei que garante a gratuidade foi sancionada pelo governador Reinaldo Azambuja e publicada na edição de hoje do Diário Oficial do Estado.

Conforme a lei, 3% dos ingressos serão reservados para a entrada gratuita dos ex-atletas, com assentos disponibilizados em local de destaque.  

Para ter direito ao ticket de entrada, os ex-competidores deverão apresentar carteira de identificação emitida pela federação esportiva da respectiva modalidade, como forma de comprovação.  

Eles também deverão comunicar os organizadores das competições esportivas, por escrito, o interesse em comparecer ao evento, até dois dias antes da realização.

De acordo com o presidente da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), Marcelo Ferreira Miranda, o objetivo da lei é enaltecer ex-atletas como figuras ilustres pelos anos que prestaram serviço de relevância ao esporte e estimul´-los a participarem constantemente de eventos esportivos.

“Certamente esse reconhecimento será importante também para nossas futuras gerações, que vão encontrar, nos campos de futebol e ginásios, grandes ídolos do passado, que tanto fizeram por Mato Grosso do Sul”, afirmou.

O zagueiro Amarildo Aparecido de Carvalho, 58 anos, revelado pelo Operário e com passagens pelo Palmeiras e clubes de Portugal e do interior paulista, afirmou que muitos atletas não têm condições financeiras de assistir aos jogos.

“Sei bem a realidade e, infelizmente, muitos jogadores têm dificuldades em comprar ingressos e já foram até barrados em estádios por não serem reconhecidos. Alguns há muitos anos não sabem o que é entrar no Morenão, por exemplo”, disse.

Ele acrescentou que o passe livre em qualquer espaço esportivo valoriza as pessoas que sempre se dedicaram ao esporte.