Esportes

Esportes

A+ A-

Ferrari festeja fim de 'regra hipócrita' e quer 3 carros no grid

Ferrari festeja fim de 'regra hipócrita' e quer 3 carros no grid

Continue lendo...

O presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, engrossou o coro de membros da escuderia e comemorou a decisão da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) de cancelar a proibição das ordens de equipe na Fórmula 1.

"Felizmente, foi abolida esta regra, que verdadeiramente se tornou uma regra hipócrita. Isto (jogo de equipe) sempre foi parte do esporte e aqueles que correm pela Ferrari têm total consciência deste assunto", disse o italiano.

"A FIA está funcionando bem sob o comando de Jean Todt (atual presidente da entidade, ex-chefe de equipe da Ferrari) e essa decisão comprova isso", completou.

O artigo que proibia as ordens dos boxes foi criado após a ultrapassagem de Michael Schumacher em Rubens Barrichello no GP da Áustria, em 2002, por ordens da Ferrari. Neste ano, o assunto veio à tona, mais uma vez com a escuderia como protagonista, com Fernando Alonso e Felipe Massa no GP da Alemanha.

Se comemorou o fim da proibição das ordens de equipe, Montezemolo defende outras mudanças na Fórmula 1. Ele quer que as grandes escuderias possam ter três carros no grid e crê que isto seria melhor do que a presença de times pouco competitivos, como as novatas de 2010 (Hispania, Virgin e Lotus).

"As equipes pequenas? Honestamente, sinto que seria melhor ter a oportunidade de um terceiro carro do que ver carros que ainda teriam dificuldade na GP2. É uma ideia que vamos colocar para frente de novo para o futuro", afirmou.

Além disso, Montezemolo criticou a proibição dos testes durante a temporada, fazendo uma comparação com o futebol. "Temos que desbloquear essa limitação absurda nos testes. A Fórmula 1 é o único esporte em que não há chances para treino. É como pedir ao Real Madrid, Milan ou Inter para jogar com chuteiras lisas na chuva ou não aquecer antes de um jogo da Liga dos Campeões", concluiu.

Copa do Brasil

Operário abre venda de ingressos para o jogo da Copa do Brasil

A partida está marcada para a próxima quarta-feira, no estádio Jacques da Luz em Campo Grande

23/02/2024 13h40

Jhonny comemorando sobre o Operário (PR), na Copa do Brasil no ano passado. Foto: Reprodução

Continue Lendo...

Após a eliminação do Costa Rica, diante do América-RN, na Copa do Brasil, o Operário é o único representante de Mato Grosso do Sul na competição.  O Galo estreia na próxima quarta-feira (28), contra o Operário Ferroviário-PR, no Estádio Jacques da Luz em Campo Grande.  

O local da partida foi interditado para melhorias do gramado.  

Conforme informações do clube, os preços do ingresso para acompanhar a partida mais importante do Operário, nesta temporada custará entre R$30 (inteira) e R$15 (meia), sendo que meia-entrada é necessário apresentar os documentos necessários e, crianças menores de 10 anos não pagam. 

Acompanhe abaixo os pontos de venda em Campo Grande. 


Clube Ypê: Rua Dr. Eduardo Olímpio Machado, 300, Coronel Antonino
Padaria Toscano: Avenida Coronel Antonino, 619, Coronel Antonino
Lojas Gazin: Rua Barão do Rio Branco, 1239, centro I Rua Baureri, 939, Moreninha 2
Paul Gráfica: Avenida Marechal Deodoro, 3495, Aero Rancho

Para avançar na segunda fase da competição, o Operário precisa vencer o xará paranaense. 

No ano passado, o Operário venceu o Operário Ferroviário-PR por 1 a 0, e avançou na segunda fase da competição. 

 

Assine o Correio do Estado.   

 

Esportes

Mundial de Beach Soccer: Brasil goleia Japão para alcançar semifinal

Irã será o próximo adversário da seleção brasileira na competição

22/02/2024 23h00

Divulgação/ Fifa

Continue Lendo...

A seleção brasileira garantiu a classificação para a semifinal da Copa do Mundo de Beach Soccer após golear o Japão por 8 a 4, nesta quinta-feira (22) em Dubai (Emirados Árabes). Agora, a equipe do Brasil medirá forças com o Irã na próxima fase da competição, a partir das 11h (horário de Brasília) do próximo sábado (24).

O triunfo da seleção brasileira foi construído com gols de Alisson (dois), Bruno Xavier, Rodrigo, Filipe, Brendo, Edson Hulk e Catarino. Yamada, Takaaki Oba (duas vezes) e Yusuke Kawai descontaram para a seleção japonesa.

“Sabíamos que seria um jogo difícil, mas treinamos muito. Agora é descansar para a próxima partida, que também será difícil. Não tem partida fácil aqui. Só agradecer a Deus e à torcida do Brasil”, declarou Alisson, autor de dois gols na vitória brasileira desta quinta.

 

 

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).