Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

FUTEBOL

Fifa homenageia profissionais da linha de frente contra Covid-19

Marta, Pelé e Ronaldinho participam de vídeo de agradecimento
19/04/2020 21:00 - Agência Brasil


A Federação Internacional de Futebol (Fifa) reuniu grandes nomes do futebol mundial em um vídeo para homenagear os profissionais da área da saúde e todos aqueles que estão de alguma forma contribuindo para o combate à pandemia do novo coronavírus, que são chamados pela entidade máxima do esporte de “heróis da humanidade”.

 
"O futebol apoia os heróis da humanidade" - FIFA
 

A campanha de cunho social consiste em 50 jogadores e jogadoras aparecerem, de suas casas, aplaudindo de pé as pessoas que estão envolvidas na luta contra a covid-19. Entre os brasileiros, estão Cafu, Kaká, Marta, Pelé, Roberto Carlos e Ronaldo Fenômeno.

À Fifa, o rei do futebol, Pelé, falou sobre o papel desses profissionais. "Eu tenho orgulho de mostrar o meu apoio a todas as pessoas que estão trabalhando incansavelmente para defender o nosso modo de vida contra o coronavírus. É um inimigo invisível que atacou as nossas vidas, mas, graças à coragem e à dedicação dos profissionais de saúde em todo o mundo, teremos uma chance.”

A única mulher brasileira que participou do vídeo, a rainha Marta, também declarou sua gratidão à entidade. "Queríamos mandar uma mensagem que mostre que o futebol está unido e apoia os médicos, enfermeiros e outros trabalhadores fundamentais que estão ajudando todos nós a passar pelo coronavírus neste momento difícil. Do mesmo modo, o coronavírus não irá embora sem lutar e cada um de nós também têm que respeitar as regras estabelecidas por cada autoridade nacional de saúde. Juntos e unidos, nós venceremos".

A campanha contou com atletas e ex-atletas reconhecidos mundialmente: Holger Badstuber, David Beckham, Bhaichung Bhutia, Lucy Bronze, Buffon, Fabio Cannavaro, Casillas, Deyna Castellanos, Giorgio Chiellini, Charlyn Corral, El Hadji Diouf, Youri Djorkaeff, Han Duan, Magdalena Eriksson, Samuel Eto'o, Pernille Harder, Javier Hernández, Luis Hernández, Harry Kane, Carli Lloyd, Harry Maguire, Diego Maradona, Vivianne Miedema, Ajara Nchout, Owen, Özil, Norma Palafox, Pavel Pardo, Park Ji-Sung, Piqué, Alexia Putellas, Sergio Ramos, Nicole Reigner, Wendie Renard, James Rodríguez, Schweinsteiger, Virginia Torrecilla, Yaya Touré, Marco van Basten, Daniëlle van de Donk, Ivan Vicelich, Arturo Vidal, Javier Zanetti e Zidane.

Felpuda


É quase certo que a aposentadoria deverá ocorrer de maneira mais rápida do que se pensava em determinado órgão. O que deveria ser a tal ordem natural dos fatos acabou sendo atropelada por acontecimentos considerados danosos para a imagem da instituição. Os dias estão passando, o cerco apertando e já é praticamente unanimidade de que a cadeira terá de ter substituto. Mas, pelo que se ouve, a escolha não deverá ser com flores e bombons de grife.