Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PANDEMIA

Guia da Fundesporte dá orientações de biossegurança para corredores de rua

Documento foi elaborado pela Fundesporte e visa dar mais subsídios para praticantes de corrida ficarem seguros durante a pandemia
04/09/2020 18:05 - Nyelder Rodrigues


Praticantes de corrida de rua vão poder contar a partir de agora com um guia de orientação para a realização dessas atividades e outras semelhantes, de modo seguro, nesse período de pandemia da covid-19. O guia completo pode ser acessado neste link.

Elaborado pela Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), o documento integra a campanha Atleta Consciente, que conta com 20 instruções divididas em tópicos. A intenção é expor medidas de higienização de equipamentos e distanciamento entre atletas.

Uso de máscara e até atitudes para a preservação do meio ambiente durante os exercícios ao ar livre também constam no texto, juntamente a recomendações de condicionamento físico, de respiração e alimentação para que os atletas pratiquem atividades sem o risco de lesões.  

De autoria do assessor de gabinete da presidência da Fundesporte, o professor doutor em Educação Física, Paulo Ricardo Martins Nuñez, o material teve como referência 20 estudos oficiais de entidades sanitárias e artigos científicos nacionais e internacionais que os impactos dos exercícios físicos ao sistema imunológico humano.

"A atividade física é uma grande aliada do sistema imunológico, por isso se manter ativo é essencial para uma vida saudável, prevenindo contra doenças crônico-degenerativas e inclusive psicossomáticas", explica Paulo Ricardo.

Além disso, o profissional frisa que é de ciência de todos que muitas pessoas seguem praticando suas atividades durante a pandemia, então viu aí uma oportunidade. "Decidimos criar esse material com sugestões de monitoramento individual", conta.

 

Felpuda


Os bastidores fervem com a ciumeira que vem acontecendo em alguns municípios, onde determinados candidatos estariam sendo mais prestigiados que outros depois das alianças que foram formalizadas nas convenções. As queixas só aumentam, e as lideranças partidárias já não sabem o que fazer, temendo a possibilidade de que a vitória vá para o ralo. A bronca maior está entre integrantes das chapas puras de vereadores que se coligaram na majoritária. E salve-se quem puder!