Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

FUTEBOL

Inter de Milão tropeça de novo e perde ponta do Italiano para a Juventus

Inter de Milão tropeça de novo e perde ponta do Italiano para a Juventus
15/12/2019 23:00 - ESTADÃO CONTEÚDO


A Inter de Milão perdeu a liderança do Campeonato Italiano. Neste domingo, o time entrou em campo pressionado pela vitória da Juventus sobre a Udinese por 3 a 1, horas antes, e cedeu no fim o empate por 1 a 1 para a Fiorentina, fora de casa, no Estádio Artemio Franchi, perdendo a dianteira da competição.

Com o empate, a Inter chegou aos 39 pontos, como a Juventus. Mas está atrás por causa dos critérios de desempate. Foi a segunda igualdade seguida do time no torneio, sendo que no meio de semana acabou sendo eliminado da Liga dos Campeões da Europa com uma derrota em casa para o Barcelona. Já a Fiorentina chegou aos 17, em 13º lugar, tendo completado o sexto jogo seguido sem vitória no Italiano, com dois empates e quatro derrotas nesse período.

Para evitar qualquer risco, a Inter largou na frente logo aos oito minutos do primeiro tempo. No lance, Brozovic acionou Borja Valero na grande área. O espanhol cortou o zagueiro e finalizou às redes, colocando a equipe de Milão em vantagem. Ele, porém, evitou comemorar o gol, pois defendeu a equipe de Florença entre 2012 e 2017, quando foi contratado pela Inter.

Porém, se abriu o placar no começo do duelo, a Inter cedeu a igualdade - e também a liderança - nos minutos finais do duelo. Nos acréscimos, um chute cruzado de Dusan Vlahovic garantiu o empate para a Fiorentina, que teve o brasileiro Dalbert como titular.

A Fiorentina voltará a jogar pelo Italiano na próxima sexta-feira, quando vai atuar de novo como mandante, dessa vez contra a Roma. No dia seguinte, também em casa, a Inter terá pela frente o Genoa.
 

Felpuda


Figurinha está trabalhando intensamente para tentar eleger a esposa como prefeita de município do interior.

Até aí, uma iniciativa elogiável. Uns e outros, porém, têm dito por aí que seria de bom tom ele não ensinar a ela, caso seja eleita, como tentar fraudar folha de frequência de servidores. 

Afinal, assim como ele foi flagrado em conversa a respeito com outro colega, não seria nada recomendável e poderia trazer sérias consequências. Só!