Esportes

Santos

Luis Alvaro encerra negociação com Ganso

Luis Alvaro encerra negociação com Ganso

Continue lendo...

A paciência do presidente santista, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, com o meia Paulo Henrique Ganso acabou. Após o jogador recusar oferta salarial de R$ 420 mil por mês para renovar com o Peixe, pedir R$ 1 milhão, e dizer publicamente que "esperava coisa melhor", o dirigente alvinegro decretou o fim das negociações e desabafou.

Em entrevista ao jornal A Tribuna, de Santos, Luis Alvaro disse que não aumentará a proposta santista e criticou a pedida do Maestro.

“Não (vou fazer mais ofertas). Já fiz três. Chega. Agora, o Santos fica na dele. (O Ganso) tem contrato até 2015, recebe absolutamente em dia. Não há mais espaço para esses números insensatos no futebol brasileiro. Oferecemos valores no limite do possível. Um centavo a mais é impossível, e isso eu não faço. Tentávamos fazer como fizemos com Neymar, com sucesso absoluto. Agora temos de olhar para frente. Vamos cumprir nossa parte do contrato, e ele cumpre a dele”, disparou.

Apesar de ter falado que a remuneração desejada por Ganso está fora da realidade do clube, o presidente santista não quis falar sobre valores.

“Eu não especulo, tenho ética. Não quero falar sobre números. Se ele falou, falou porque quis. Respeito o sigilo que envolve as duas partes. Uma não pode dizer sem consultar a outra. Isso é básico, senão fica a lei da selva. É uma proposta que eu não entendo como ele possa falar isso, inclusive em público, porque foi uma extremamente atraente para qualquer jogador do futebol brasileiro”, afirmou.

Cartolas santistas entendem que propuseram um valor acima da realidade do mercado brasileiro e que o jogador não chegaria ao salário desejado nem se jogasse na Europa. Irritados com a novela, que segue desde o segundo semestre de 2010, os dirigentes desistiram da renovação e já aceitam negociar o meia.

Ganso tem contrato com o Santos até 2015. A multa rescisória do jogador para clubes do exterior seja de 50 milhões de euros (cerca de R$ 129 milhões), mas o Santos aceitaria negociar o atleta por valor menor. O "problema" é que ainda não chegaram propostas pelo Maestro. O clube tem 45% dos direitos econômicos do meia e o grupo DIS a parte restante.

Futsal Feminino

Representante de MS na Copa do Brasil enfrentará Tangará da Serra nas quartas de finais

A primeira partida está marcada para o dia 1º de junho em Mato Grosso do Sul; o segundo jogo será no dia 15 em Tangará da Serra (MT).

20/05/2024 16h44

Douradinha Esporte Clube enfrenta o time do Mato Grosso nas quartas de finais da Copa do Brasil

Douradinha Esporte Clube enfrenta o time do Mato Grosso nas quartas de finais da Copa do Brasil Divulgação/

Continue Lendo...

Classificada para as quartas de final da Copa do Brasil Feminina, a equipe representante de Mato Grosso do Sul, o Douradina Esporte Clube, vai enfrentar o House Via Motos/Tangará da Serra (MT) em jogos de ida e volta.

A partida de ida será em Mato Grosso do Sul no dia 1º de junho, às 20h. O local até o momento não foi definido, mas possivelmente será no Ginásio Poliesportivo do Guanandizão, em Campo Grande. 

O jogo de volta será no dia 15 de junho, às 19h30, no município de Tangará da Serra (MT). 

Quase todos os jogos da primeira fase da Copa do Brasil feminina estão definidos, exceto o jogo entre Cândido Rondon (PR) e Malgi (RS), cancelado devido ao estado de calamidade que devastou a cidade de Pelotas (RS) e praticamente toda a região do Rio Grande do Sul.

A situação será avaliada pela Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) na próxima semana. O vencedor deste confronto enfrentará o Taboão Magnus (SP). 


Confira abaixo os duelos da próxima fase: 

A definir Taboão Magnus-SP x a definir
24/05 19h - Futminas-MG x ADEF-DF
01/06 20h Douradina-MS x House Via Motos / Tangará da Serra-MT
11/06 19h Clube Resenhas-GO x Telêmaco Borba-PR


Confira os duelos de volta:
A definir a definir x Taboão Magnus-SP
15/06 19h30 House Via Motos / Tangará da Serra-MT x Douradina-MS
16/06  - 16h Telêmaco Borba-PR x Clube Resenhas-GO
22/06 16h ADEF (DF) x Futminas-MG

 

Assine o Correio do Estado

RECUPERAÇÃO

Na estreia do novo técnico, Costa Rica conquista sua primeira vitória na Série D

Contra o Pouso Alegre (MG), a equipe sul-mato-grossense finalmente desencantou e se recupera no grupo 7 do campeonato nacional

20/05/2024 12h00

Elenco do Costa Rica comemorando o gol marcado neste domingo (19)

Elenco do Costa Rica comemorando o gol marcado neste domingo (19) Foto: Reprodução / YouTube

Continue Lendo...

O Costa Rica venceu o Pouso Alegre (MG) pelo placar de 1x0, neste domingo (19), no Estádio Laertão, pela 4ª rodada da Série D do Campeonato Brasileiro. O único gol da partida foi marcado por Felipe Micael, centro-avante da equipe sul-mato-grossense, aos 2min do 2° tempo.

Após três jogos sem vitória e nenhum gol marcado na quarta divisão, o Costa Rica desencantou e conquistou a primeira vitória na competição. Autor do gol, Felipe Micael faz parte do pacote de reforços da equipe para a disputa da Série D.

Com o resultado positivo, a equipe agora soma 4 pontos em quatro jogos disputados, ocupando a quinta colocação do grupo 7, atrás da Inter de Limeira-SP (10 pts), Maringá-PR (9 pts), Água Santa-SP (7 pts) e Pouso Alegre (6 pts). Apenas os quatro primeiros de cada grupo se classificam para a próxima fase.

A partida também marcou a estreia de Alan George no comando técnico da equipe. Ele foi anunciado no último dia 14, horas depois da divulgação da demissão do antigo treinador Gian Rodrigues, após acumular resultados negativos no estadual e início complicado na Série D.

O Costa Rica retorna à campo no próximo sábado (25), para enfrentar o Patrocinense (MG), última colocada do grupo, no Estádio Pedro Alves do Nascimento, às 16h (horário local). 

ASSINE O CORREIO DO ESTADO

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).