Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CORONAVÍRUS

Ministro da Saúde diz que governo avalia liberar jogos de futebol sem público

calendários de todas as competições de futebol dentro do País estão suspensos
28/04/2020 02:00 - Estadão Conteúdo


O governo federal estuda a possibilidade de liberar a realização de jogos de futebol sem a presença de público nas arquibancadas, algo que é uma demanda da CBF. O ministro da Saúde, Nelson Teich, afirmou, nesta segunda-feira, que o tema está sob análise da pasta, mas não sinalizou qual será a conclusão.

Teich mencionou que o estudo é feito levando em consideração a possibilidade de os eventos esportivos levarem "rotina melhor" para as pessoas, que poderiam assistir às competições de casa.

"Existe um pedido para avaliar o retorno de jogos sem público, da CBF. Isso é uma coisa que estamos avaliando. Nem tudo o que a gente avalia é para ser definido. Não é coisa definida ainda. Mas são algumas iniciativas que de alguma forma poderiam trazer uma rotina um pouco melhor para o dia a dia das pessoas", disse

Desde que o novo coronavírus se alastrou no Brasil e a doença ganhou status de pandemia, os calendários de todas as competições de futebol dentro do País foram suspensos.

Mais cedo, também nesta segunda, o secretário de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, disse que os jogos poderão ser retomados "em breve", mas portões fechados no Brasil. Ele afirmou que vem mantendo conversas com a CBF e que serão adotados protocolos para garantir a segurança de atletas e todos os participantes.

Felpuda


É quase certo que a aposentadoria deverá ocorrer de maneira mais rápida do que se pensava em determinado órgão. O que deveria ser a tal ordem natural dos fatos acabou sendo atropelada por acontecimentos considerados danosos para a imagem da instituição. Os dias estão passando, o cerco apertando e já é praticamente unanimidade de que a cadeira terá de ter substituto. Mas, pelo que se ouve, a escolha não deverá ser com flores e bombons de grife.