Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ESPORTE

Projeto de reforma do Morenão será readequado; não há previsão de retorno das obras

Documento original tinha inconsistências e será reavaliado durante a pandemia
06/05/2020 12:32 - Bruna Aquino, Gabrielle Tavares


O projeto que dará início a revitalização do Estádio Universitário Pedro Pedrossian (Morenão) será reformulado, mas não há previsão de retorno das obras por conta da pandemia do novo coronavírus, segundo informou o secretário especial do governo do Estado, Carlos Alberto Assis. As obras seriam retomadas no mês passado, mas sem projeto e em meio a pandemia foram suspensas por prazo indeterminado.

No ano passado, com o parecer da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), o Estado formalizou proposta junto ao Ministério Público Estadual (MPE) para investir recursos próprios na restauração da tradicional praça de esportes,  utilizando verba do Fundo Estadual de Defesa do Consumidor, vinculado ao Procon (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de MS). 

Durante vistoria no Ginásio Guanandizão nesta quarta-feira (6), o secretário explicou que vão utilizar o período para adequação do projeto que não tem pontos importantes e destacou a falta de acessibilidade. “Não queremos fazer um trabalho incompleto para depois ter que refazer. Então como já tivemos que parar por causa da pandemia da Covid-19, vamos fazer um projeto completo, com acréscimos em reformas na área de acessibilidade”, explicou. 

O projeto original de revitalização do Morenão foi elaborado pela UFMS onde estavam incluídos obras de infraestrutura, novos banheiros, cobertura do fosso ao redor do campo e construção de um elevador na parte externa (acessibilidade), na entrada principal do estádio, com acesso às cobertas (setor de cadeiras e arquibancadas). Também a reforma na parte elétrica e no sistema de prevenção a incêndios e construção de uma plataforma para cadeirantes no espaço atual do fosso.

 
 

ALÉM DO FUTEBOL 

Ainda segundo Assis, o estádio não terá apenas futebol, mas será uma grande arena de eventos. Ele contou que a assessoria técnica do cantor sertanejo Gustavo Lima que estava coordenando um dos shows do cantor, viu o Estádio e deu sugestões para ampliar o projeto para receber eventos maiores e que depois da pandemia e da reforma o cantor irá fazer um show de inauguração no próprio estádio.

 

Felpuda


Mesmo sabendo que não é fácil conquistar a vitória, alguns políticos em pleno exercício do mandato disputam eleições, querendo trocar o Legislativo pelo Executivo e se dizendo preocupados com as necessidades do município. 

A jogada é antiga: fazem campanha eleitoral antecipada, pois vão tentar a reeleição, e começam a “trabalhar” o nome desde já. É bom lembrar o dito popular: “De boas intenções o inferno está cheio”. Ah, o poder!