Esportes

LESÃO

Nilmar passará por cirurgia no joelho

Nilmar passará por cirurgia no joelho

ESTADÃO

30/12/2010 - 00h00
Continue lendo...

O Villarreal informou nesta quarta-feira que o atacante brasileiro Nilmar precisará passar por uma cirurgia no joelho direito. O clube espanhol não deu detalhes da lesão e nem do tempo de recuperação, mas revelou que a operação será feita no Brasil, pelo médico José Luiz Runco, que trabalha no Flamengo e na seleção brasileira.

 

No passado, Nilmar já teve duas lesões graves no joelho - uma em cada um -, mas o problema atual não parece ser tão sério. Segundo o Villarreal, ele precisará passar por uma artroscopia por causa das "dores no menisco". O clube, no entanto, não anunciou nem a data da cirurgia, limitando-se a dizer que será "nos próximos dias".

O médico do Villarreal, José Manuel Tello, viajará ao Brasil para acompanhar a cirurgia. E Nilmar tem previsão de retorno para a Espanha no dia 6 de janeiro, quando começará a recuperação dentro do próprio clube espanhol. Nesta temporada, o atacante brasileiro tem sido um dos destaques do time, já com 10 gols marcados.

JUDÔ REGIONAL EM DESTAQUE

Dez judocas representam MS na Taça Brasil Sub-21, em Curitiba

A competição distribui pontos no ranking nacional, que serve para definir a convocação para o Campeonato Mundial Júnior

15/06/2024 15h00

Andrey Kuttert, Rayssa Nascimento e Ana Carolina Spessoto são três dos 10 que vão representar o MS

Andrey Kuttert, Rayssa Nascimento e Ana Carolina Spessoto são três dos 10 que vão representar o MS Fotos: Divulgação

Continue Lendo...

Tradicional competição disputada em Curitiba (PR), o CBI Taça Brasil Sub-21 de Judô terá 10 judocas de Mato Grosso do Sul representando o Estado no tatame nacional.

A competição acontece neste final de semana, sábado e domingo. Segundo a Confederação Brasileira de Judô há expectativa de recorde de participantes nesta edição, cerca de 470 atletas de 93 clubes devem participar, sendo este o maior número desde sua criação.

Pela Associação Yada Judô de Itaporã, Andrey da Silva Kuttert (-60kg), Rayssa Nascimento (-48kg) e Ana Carolina Ajala Spessoto (-78kg). No Judô Moura de Campo Grande, as irmãs Milena Demarco (-57kg) e Ana Clara Demarco (-63kg) também estão confirmadas. Já o Judô Futuro (Campo Grande), Nathália de Arruda (-70kg) e Elias Neto (-73kg) representam o Estado.

Marcos Paulo da Silva (-60kg) do Clube Rocha (Campo Grande), Vinícius Andrade Pacheco (-100kg) da Associação Nipo Brasileira (Campo Grande) e o Otávio Nabhan da Associação Cano (Dourados) fecham a lista dos 10 judocas do Mato Grosso do Sul que participaram da Taça Brasil Sub-21.

Dos atletas do Estado, Nathália de Arruda foi medalha de bronze na edição da Taça Brasil do ano passado na categoria -70 kg, e a Milena Demarco conquistou a medalha de ouro na competição, pela categoria -57kg, em 2022.

No ano passado, três judocas que vão disputar a Taça Brasil Sub-21, foram medalhistas do Copa Pan-Americano na categoria Júnior (sub-21). Ana Clara Demarco e Elias Neto, ambos foram prata na competição continental.

Ana Carolina Spessoto também conquistou no Pan-Americano a medalha de bronze em sua categoria.
Recentemente a atleta Nathália de Arruda foi a única judoca do Mato Grosso do Sul a disputar a Copa Europeia Sub-21, que foi disputada em Graz, na Áustria, no 5 de junho.

A judoca enfrentou três atletas na competição, da Alemanha, Israel e Servia, e foi eliminada na repescagem da categoria -70kg.

Na edição passada da Taça Brasil Sub-21, Mato Grosso do Sul foi representado por 18 judocas, de quatro clubes diferentes. 

PREPARAÇÃO

Ao Correio do Estado, o judoca Andrey Kuttert (-60kg), que disputará pela primeira vez a competição na categoria sub-21, falou sobre a ansiedade e preparação para o aguardado campeonato.

“Estou com um misto de ansiedade e ao mesmo tempo tranquilo, pois tenho treinado bastante para a competição e espero que eu consiga colocar em prática todo o treinamento. A Sensei Kely é bastante exigente nos treinos, o que é muito bom, pois nos faz dar o nosso melhor”, disse Andrey.

Segundo o atleta, que disputou neste ano torneios como o Meeting Nacional sub-21 e o Campeonato Estadual, o objetivo nesta Taça Brasil é estar entre os atletas que chegarem às finais e voltar para casa com uma medalha.

Para a Ana Carolina Spessoto (-78 kg), as expectativas são boas para a competição.

“Estou otimista. Quero lutar bem, aprender mais e pegar um pódio. Em 2023 disputei a Taça Brasil e cheguei nas disputas de medalhas, terminei a competição em quinto lugar”, declarou a atleta.

A judoca Rayssa Nascimento (-48kg) também destaca o nível de competitividade nacional.

“Acredito que vão ser lutas bastantes disputadas e difíceis, mas estou muito ansiosa e com bastante expectativa para uma competição boa”.

NACIONAL

A CBI Taça Brasil Sub-21 de Judô, vai distribuir pontos importantes no ranking nacional desta classe de idade, sendo este um dos principais critérios de convocação para estágios internacionais e para o Campeonato Mundial Júnior.

Além das disputas individuais das 14 categorias de peso, a Taça Brasil ainda terá em sua agenda, pelo segundo ano consecutivo, a eletrizante competição por equipes mistas, que neste ano contará com 12 clubes. 

Em 2023, na estreia, o grande campeão foi o Instituto Reação (RJ), em final vencida por 4x1 sobre o conterrâneo Flamengo (RJ). Já o Esporte Clube Pinheiros (SP) e o Minas Tênis Clube (MG) ficaram com as medalhas de bronze na ocasião.

A iniciativa da CBJ de introduzir as disputas por equipes nos Campeonatos Interclubes e Brasileiros da base visa fomentar e desenvolver o judô brasileiro também nesse formato, que integra o programa olímpico desde 2020 e o mundial desde 2017.

Assine o Correio do Estado

SÉRIE D

Em ótima fase, Costa Rica enfrenta o Santo André (SP) neste domingo (16)

Com três vitórias nos últimos cinco jogos, a equipe sul-mato-grossense enfrenta o time do ABC Paulista neste domingo (16), às 15h, fora de casa; em caso de vitória, classificação fica encaminhada

15/06/2024 13h00

Costa Rica visa vitória importante diante do Santo André (SP) neste domingo

Costa Rica visa vitória importante diante do Santo André (SP) neste domingo Foto: Divulgação

Continue Lendo...

Quem imaginaria que o Costa Rica estaria na terceira colocação do grupo após um começo tão abaixo na Série D do Campeonato Brasileiro? Para manter essa boa fase, a equipe enfrenta o Santo André (SP), neste domingo (16), às 15h, no Estádio Bruno José Daniel, casa do time paulista.

Nos últimos cinco jogos, são três vitórias, além de um empate, sendo a derrota justamente para o Santo André, na sexta rodada, por 5x2. Em busca de revanche, a representante sul-mato-grossense tenta consolidar o bom momento e encaminhar classificação para a próxima fase. No último jogo, conseguiu uma virada nos minutos finais contra o Água Santa (SP) e venceu por 2x1, no Laertão.

Até o momento, a Cobra do Norte ocupa a terceira posição no grupo A7 com 11 pontos conquistados, atrás apenas da Inter de Limeira (SP) e Maringá (PR), ambas as equipes com 17 pontos. Um resultado positivo nesta 9ª rodada colocaria o CREC próximo ao mata-mata da competição.

Porém, é importante estar em alerta, já que uma derrota pode tirar a equipe do Mato Grosso do Sul do G4 (zona de classificação) e ter a necessidade de vencer nas últimas rodadas desta primeira etapa da Série D. 

Além da partida deste domingo, o Costa Rica tem mais quatro jogos a fazer ainda, são eles:

10ª rodada
Costa Rica x Patrocinense (MG) - 23/06, às 17h30;

11ª rodada
Pouso Alegre (MG) x Costa Rica - 29/06, às 17h;

12ª rodada
Costa Rica x Maringá (PR) - 07/07, às 17h30;

13ª rodada
Inter de Limeira (SP) x Costa Rica - 13/07 (sem horário definido);

14ª rodada
Costa Rica x São José (SP) - 21/07 (sem horário definido).

Santo André

Com apenas uma vitória (contra o Costa Rica) em oito jogos, a fase da equipe do ABC Paulista não é boa. Além de ter conquistado apenas um resultado positivo na competição, o Santo André possuí cinco empates.

Mesmo distante do desempenho ideal, o time paulista continua próximo ao G4, com oito pontos conquistados, um atrás do Pouso Alegre (MG), o quarto colocado do grupo. Por isso, o Santo André deve adotar este jogo de domingo como crucial para buscar a classificação.

Confira a situação de momento (até 15/06) do grupo:

Saiba

A quarta divisão do futebol nacional é composta por 64 equipes, do qual elas são divididas em oito grupos de oito times cada. Apenas os quatro primeiros colocados de cada grupo passam para a próxima fase, que a partir deste ponto é mata-mata. Quem sobe para a Série C? as quatro equipes restantes na competição, ou seja, os semifinalistas.

Assine o Correio do Estado

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).