Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

BEM ESTAR

Prática de atividade física promove diversos benefícios

Os benefícios da atividade física
07/02/2020 08:20 - Estadão Conteúdo


Aos atletas de época, que buscam as academias apenas para perder peso por causa do verão, um alerta: praticar atividade física periodicamente promove benefícios mais significativos que apenas os quilos perdidos.

As vantagens para a saúde vão muito além da estética. A endorfina produzida faz bem para o cérebro. Assim como os músculos, o coração fica mais forte. Até os ossos são beneficiados com o cálcio.

Vantagens

Oferecer bem-estar é o princípio básico da prática esportiva. A sensação é alcançada quando o cérebro libera endorfina. Conhecida como o hormônio do prazer, essa substância é capaz de melhorar estados depressivos. Além disso, a parte aeróbica melhora com a oxigenação cerebral.

Nos casos dos exercícios de repetição - como dança, corrida e bicicleta - há o estímulo da memória, percepção, concentração e funções cognitivas. Afinal, para repetir a coreografia, é preciso manter a atenção e a concentração, por exemplo.

Idosos

Na terceira idade, a atividade física previne o envelhecimento muscular, principal responsável por quedas nesta fase da vida. Aqui, são indicados exercícios de força, que ajudam em simples afazeres diários.

Dica

Apesar de todos os benefícios, são necessários alguns cuidados antes de iniciar a prática de atividade física. O primeiro passo é procurar um médico para um check-up. Contar com o auxílio de um educador físico também faz toda a diferença para a garantia da qualidade de vida.

 

Felpuda


Embora embalada por vários “ex”, pré-candidatura a prefeito de esforçada figura não deslancha. É claro que ninguém ousa falar em voz alta que o apoio, em vez de alavancar os índices com o eleitorado, está é puxando para baixo. Uns dizem que o título do filme “Eu Sei O Que Vocês Fizeram no Verão Passado” retrata bem a situação. Outros complementam: “... na primavera, no outono, no inverno...”. Como diria vovó: “Aqui você planta, aqui você colhe!”.