Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

COVID NO FUTEBOL

Justiça nega recurso da CBF e mantém suspensa partida entre Palmeiras e Flamengo

Entidade pode tentar manter suspensão se recorrer ao Tribunal Superior do Trabalho
27/09/2020 12:00 - Estadão Conteúdo


O Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (TRT-RJ) indeferiu o mandado de segurança impetrado pela CBF e manteve suspensa a partida entre Palmeiras e Flamengo, que estava marcada este domingo, às 16 horas, no Allianz Parque, válida pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A CBF ainda tem mais uma instância para recorrer da decisão da Justiça: o Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília. 

A entidade se apressa para tentar reverter a decisão original que suspendeu o jogo, proferida pelo juiz Filipe Olmo, do Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro, que atendeu a um pedido do Sindeclubes, sindicato que representas funcionários de clubes de futebol do Estado do Rio.

O Sindeclubes ajuizou uma ação civil pública sexta-feira na Justiça do Trabalho pedindo a suspensão do duelo sob a alegação de que há "inegáveis riscos sanitários e médicos" na realização da partida porque vários funcionários do Flamengo estiveram no Equador, onde houve um surto de contaminação de covid-19 na delegação.

Só no elenco, 16 atletas contraíram a doença. No total, considerando membros da comissão técnica e funcionários do departamento de futebol, há mais de 30 pessoas contaminadas no Flamengo.

O presidente do Sindeclubes é José Pinheiro dos Santos, funcionário da segurança do Flamengo. Segundo ele, o pedido para tentar suspender o jogo judicialmente partiu dos próprios colaboradores do clube rubro-negro.

Depois, na noite do sábado, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva, indeferiu o pedido de revisão feito pelo Flamengo por entender que há condições sanitárias para que o confronto seja realizado. No entanto, a decisão que vale é a do TRT.

O Palmeiras bate o pé e afirma que o protocolo sanitário do Brasileirão tem de ser respeitado. "Caso seja definido que o protocolo determinado para o Campeonato Brasileiro não será cumprido, é preciso paralisar a competição", opinou o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, nas redes sociais do clube. 

Desde o primeiro pedido do Flamengo, o time alviverde se posicionou contra o adiamento da partida.

De qualquer maneira, a delegação do Flamengo, repleta de jovens oriundos das categorias de base, permanece em São Paulo, onde está desde a tarde de sábado. O clube carioca mantém a programação normal para não ser surpreendido caso a Justiça decida pela realização do jogo.

 
 

Felpuda


Mesmo sem ter, até onde se sabe, combinado com o eleitor, candidato a prefeito começou a apresentar nomes do seu ainda hipotético secretariado, pois parece estar convicto de que conseguirá vencer a disputa.

Os adversários dizem por aí que ele está muito distante de “ser um Jair Bolsonaro”, que, ainda na campanha eleitoral para presidente da República, já falava em Paulo Guedes para ser seu ministro de Economia. Como sonhar é permitido