Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

GUERRA

Palmeiras e Santos vão deixar o C13

Palmeiras e Santos vão deixar o C13
28/02/2011 08:00 - FOLHA ONLINE


A guerra que envolve os grandes clubes de futebol e as principais emissoras de TV do país terá jogadas decisivas neste ínicio de semana. Nesta segunda-feira, Santos e Palmeiras devem anunciar sua intenção de negociar fora do Clube dos 13 as transmissões pela TV de seus jogos no Brasileiro a partir de 2012.
Os dois clubes vão se unir a Corinthians, Grêmio, Coritiba, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Botafogo e Vasco. Todos estão alinhados com a Globo. Na noite de sexta-feira, a emissora anunciou que não pretende participar da concorrência do C13.

Record e RedeTV! são as outras emissoras que se mostraram interessadas em comprar os direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro entre 2012 e 2014. A edição de 2011 não sofre alterações e será transmitida por Globo e Band.

Por enquanto, só o Corinthians pediu sua desfiliação e rompeu formalmente com a entidade. No sábado, o presidente do Cruzeiro desafiou a associação. "Posso ser expulso, não estou preocupado", afirmou Zezé Perrella. A declaração do cruzeirense contrariou o que havia dito Alexandre Kalil, presidente do Atlético-MG. O cartola contava com o apoio do Cruzeiro para fortalecer o C13.

No domingo, foi a vez de Paulo Odone, presidente do Grêmio, anunciar que negocia diretamente com a Globo. Odone e Perrella foram os últimos a ocupar o cargo de chefe da delegação em amistosos da seleção brasileira. O próximo será Arnaldo Tirone, presidente do Palmeiras. O contra-ataque do Clube dos 13 se dará na terça-feira.

O presidente da entidade, Fábio Koff, e o diretor-executivo Ataíde Gil Guerreiro, vão a Brasília para reunião com o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica). Os cartolas vão mostrar a Fernando Furlan, presidente do Cade, e ao procurador-geral Givandro Araújo que o edital de concorrência segue o que foi determinado pela entidade no ano passado.

O edital extinguiu a "cláusula de preferência" para a TV Globo. Até a última negociação, a emissora tinha a vantagem de saber com antecedência as propostas das concorrentes. A cúpula do C13 espera que o Cade impeça negociações individuais entre clubes e emissoras.

Felpuda


A lista do Tribunal de Contas de MS, com nomes de gestores que tiveram reprovados os balanços financeiros de quando exerceram cargos públicos, está deixando muitos candidatos de cabeça quente.  Conforme previsto pelo Diálogo, adversários estão se utilizando de tais dados para cobrar, principalmente nas redes sociais, deixando alguns gestores na maior saia justa e tendo que se explicar. O eleitor, por enquanto, só observa. E dê-lhe!