Esportes

Salto em distância

Paratleta do Estado é eleita a melhor do Brasil em 2015

Ela foi escolhida com 63,98% dos votos do público

ALINY MARY DIAS

10/12/2015 - 08h16
Continue lendo...

A paratleta de Três Lagoas Silvania Costa, especialista em salto em distância, ganhou ontem (9) o prêmio de melhor atleta paralímpica do Brasil em 2015. Ela recebeu o troféu do Comitê Paralímpico Brasileiro depois de ser a mais votada em escolha pela internet. Quem levou o título de melhor paratleta masculino foi o canoísta Luis Carlos Cardoso.

A cerimônia de entrega do prêmio aconteceu na noite de ontem em hotel de Copacabana, no Rio de Janeiro.

Silviania teve 63,98% dos votos do público. Ela concorria com Joana Neves, que teve 20,06% e Shirlene Coelho, que ficou com 15,96%. A paratleta foi campeã do mundo em Doha, no Qatar.

Depois de receber o prêmio, a sul-mato-grossense falou sobre a conquista. “Foi tudo fruto de muito trabalho, que quando é bem feito, tem retorno. Elas [Joana e Shirlene] estão de parabéns também. São vencedoras! Estava bem ansiosa, sem dormir direito, mas agora estou aqui muito feliz e emocionada”, disse.

Para escolha dos melhores atletas das 22 modalidades, dos técnicos e do atleta revelação, foram ouvidos diretores e chefes técnicos do Comitê Paralímpico Brasileiro e representantes do Conselho dos Atletas.

Confira abaixo a lista com todos os premiados da noite:

Melhor atleta – Masculino
Luis Carlos Cardoso (canoagem)

Melhor atleta – Feminino
Silvania Costa (atletismo)

Melhor técnico – Coletivo
Dailton Freitas (goalball)

Melhor técnico – Individual
Fábio Dias (atletismo)

Atleta revelação
Daniel Tavares (atletismo)

Atletismo
Felipe de Souza Gomes

Basquete em cadeira de rodas
Lia Maria Soares Martins

Bocha
Maciel Sousa Santos

Canoagem
Luis Carlos Cardoso da Silva

Ciclismo
Lauro César Mouro Chaman

Esgrima em cadeira de rodas
Jovane Silva Guissone

Futebol de 5
Ricardo Steinmetz Alves

Futebol de 7
Marcos dos Santos Ferreira

Goalball
Victoria Amorim do Nascimento

Halterofilismo
Maria Rizonaide da Silva

Hipismo
Sérgio Froés Ribeiro de Oliva

Judô
Wilians Silva de Araújo

Natação
Daniel de Faria Dias

Remo
Josiane Dias de Lima

Rugby em cadeira de rodas
Alexandre Vitor Giuriato

Tênis de mesa
Cátia Cristina da Silva Oliveira

Tênis em cadeira de rodas
Natália Mayara Azevedo da Costa

Tiro com arco
Jane Karla Rodrigues Gogel

Tiro esportivo
Geraldo von Rosenthal

Triatlo
Fernando Aranha Rocha

Vela
Tui Francisco Andrade de Oliveira

Vôlei sentado
Suellen Cristine Dellangelica Lima

VÔLEI

Seleção feminina de vôlei arrasa Turquia e conquista feito inédito na Liga das Nações

Nunca antes um país conseguiu passar pela primeira fase sem perder ao menos um jogo

16/06/2024 12h00

Bloqueio do Brasil contra a Turquia na VNL feminina

Bloqueio do Brasil contra a Turquia na VNL feminina Foto: Esporte News Mundo

Continue Lendo...

A seleção brasileiro feminina de vôlei continua fazendo história na Liga dos Nações e deve ir aos Jogos Olímpicos de Paris-2024 com a moral elevada. A equipe de José Roberto Guimarães derrotou a Turquia, atual campeã do torneio, por esmagadores 3 sets a 0, parciais de 25/14, 25/14 e 25/19, em 1h11min de partida. Com isso, conquistou um feito inédito ao terminar a primeira fase invicta.

Nunca antes um país conseguiu passar pela primeira fase sem perder ao menos um jogo. O feito só confirma o bom momento da seleção brasileira, que assumiu a liderança do ranking da Federação Internacional de Vôlei (FIVB) entre as mulheres no último sábado, graças à vitória da China sobre a própria Turquia

Com 12 vitórias em 12 jogos, o Brasil terminou a primeira fase da Liga das Nações na liderança e enfrentará, nas quartas de final, a Tailândia, que terminou na 13ª colocação, com apenas três triunfos. As tailandesas só se classificaram por serem o país sede da fase final. O jogo será em Bangkok.

O técnico Zé Roberto tratou o jogo com seriedade e colocou em quadra a sua equipe titular, formada por Roberta, Rosamaria, Gabi, Ana Cristina, Thaisa, Carolana e Nyeme. Com a escalação principal, o Brasil foi dominante e chegou a conquistar 13 pontos consecutivos, fechando o primeiro set por 25/14.

Diferente da equipe brasileira, o técnico Daniele Santarelli rodou bastante a sua equipe, que não conseguiu igualar o nível do Brasil e foi novamente amassada no segundo set. Com apenas 20 minutos, a seleção de Zé Roberto fechou novamente com um 25/14.

O terceiro set começou mais equilibrado, com a Turquia dando mostras que poderia reagir. Mas o bom momento durou pouco. Sob o comando de Rosamaria, que somou 14 pontos no duelo, o Brasil virou com extrema facilidade e chegou a abrir 20/12. Com a larga vantagem, a equipe de Zé Roberto só administrou a reta final da partida para confirmar a vitória arrasadora com um 25/19.

FUTSAL

Douradina é eliminado da Copa do Brasil Feminina após derrota em Mato Grosso

Com apenas uma equipe representante do Estado na competição, o futsal de MS perde a frequência de três anos na semifinal

16/06/2024 08h30

Partida disputada no Guanandizão, no jogo de ida, terminou 3 a 2 para a equipe mato-grossense

Partida disputada no Guanandizão, no jogo de ida, terminou 3 a 2 para a equipe mato-grossense Foto: Divulgação / DEC

Continue Lendo...

Nova derrota do Douradina em confronto contra o House Via Motos, em Mato Grosso, eliminou de forma precoce o representante do Mato Grosso do Sul na Copa do Brasil de Futsal Feminino de 2024.

Vindo de uma derrota por 3 a 2 no Ginásio Guanandizão, o time do Douradina precisava da vitória no estado vizinho, para conseguir levar o jogo para prorrogação, porém o clube mato-grossense fez valer o fator casa e goleou o Douradina por 4 a 0.

Os gols da partida foram marcados pela Erikinha (2x), Noleto e Ratinha. O jogo foi disputado na noite deste sábado (16), no Ginásio Douglas Poyane, em Tangará da Serra (MT).

Com este resultado, a eliminação do Douradina Esporte Clube (DEC) nas quartas de final, tira uma sequência de três anos consecutivos em que o futsal feminino do Estado conseguia se classificar até as semifinais da Copa do Brasil. 

A quebra desta sequência também acontece na edição no qual apenas uma equipe sul-mato-grossense disputou a Copa do Brasil feminina, já que nos anos anteriores, o então DEC/Operário e a Serc/UCDB disputavam a competição representando o Estado.

RETROSPECTO

Com oito edições existentes da Copa do Brasil de Futsal Feminino, foi no ano de 2021, a primeira vez que o futsal do Estado chegou nas semifinais. O então Pezão/Operário disputou a semifinal contra o Stein Cascavel do Paraná.

No ano de 2022, o DEC/Operário derrotou a Serc/UCDB nas quartas de final, e disputou as semis contra o Stein Cascavel novamente, desta vez conseguiu uma histórica vitória de 3 a 1 em Mato Grosso do Sul, mas no jogo da volta perdeu de 9 a 0 no tempo normal, e de 3 a 0 na prorrogação.

Após as duas tentativas do DEC/Operário, foi a vez da Serc/UCDB chegar as semifinais da Copa do Brasil, fazendo a sua revanche nas quartas de final contra o Galo. O time salesiano enfrentou o Taboão Magnus, e perdeu os dois confrontos.

 

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).