Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

CURTO PRAZO

Próximo presidente do Santos terá dívida de R$ 80 milhões

Próximo presidente do Santos terá dívida de R$ 80 milhões
22/10/2014 11:23 - DIÁRIO DE S. PAULO


Além de herdar uma dívida a curto prazo de R$ 80 milhões, o próximo presidente do Santos terá de tocar o clube sem as receitas de TV de 2015 e parte de 2016. As cotas do ano que vem foram antecipadas para quitar salários e outras pendências. Já as de 2016 foram dadas como garantia à Doyen Sports, que emprestou o dinheiro para a contratação de Leandro Damião, em janeiro.

A revelação foi feita ao DIÁRIO por um santista que teve acesso ao contrato firmado entre o clube, a Doyen e o centroavante. O valor da negociação é de R$ 37,8 milhões, quase metade dos R$ 80 milhões aos quais o clube terá direito da TV Globo.

Os problemas do futuro presidente alvinegro não terminam por aí. Caso Damião siga na Vila Belmiro em 2016, o clube terá de gastar, apenas com juros pelo empréstimo, a quantia de R$ 3,8 milhões por temporada.

O custo anual do Santos é de R$ 120 milhões, incluindo gastos com futebol e sede social. Na temporada passada, o déficit foi de R$ 40,6 milhões, também por culpa da falta de um patrocinador principal — a camisa branca não tem um parceiro máster desde janeiro de 2013.

Felpuda


Comentários ouvidos pela “rádio peão”, em ondas curtas, são de que figurinha só ganharia apoio dos colegas caso pessoa agregada fosse “curtir a aposentadoria” de uma vez por todas. Como seu acordo político acabou naufragando nesta campanha, agora dito-cujo estaria querendo recuar e não ceder o lugar. 

Isso até poderia acontecer, se não fosse a sua, digamos, eminência parda. Afe!