Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

FIM DO RAMONISMO

Após 16 jogos no comando do time do Vasco, Ramon Menezes é demitido

Apesar de ter mais vitórias que derrotas, resultado avassalador do Bahia derrubou técnico
08/10/2020 13:54 - Estadão Conteúdo


Durou apenas 16 jogos o trabalho de Ramon Menezes no comando do Vasco. O clube de São Januário anunciou, nesta quinta-feira, em suas redes sociais, a demissão do treinador, um dia após a derrota, por 3 a 0, para o Bahia, em Salvador, em duelo válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Ramon somou oito vitórias, três empates e cinco derrotas desde 30 de março, quando substituiu Abel Braga. Quando assumiu o cargo, não conseguiu levar o time para as finais do Carioca. Outro resultado ruim foi ter sido eliminado pelo rival Botafogo na Copa do Brasil.

No Brasileiro, após um bom começo, o time vem de quatro jogos sem vitória. Além da derrota para os baianos, o time perdeu para o Coritiba, empatou com o Red Bull Bragantino e goleado pelo Atlético-MG.

A diretoria corre atrás de um treinador para ficar com a vaga de Ramon, pois no sábado, o time tem o clássico com o Flamengo, em São Januário, pela 15ª rodada do Brasileiro.

 
 

Felpuda


Mesmo sem ter, até onde se sabe, combinado com o eleitor, candidato a prefeito começou a apresentar nomes do seu ainda hipotético secretariado, pois parece estar convicto de que conseguirá vencer a disputa.

Os adversários dizem por aí que ele está muito distante de “ser um Jair Bolsonaro”, que, ainda na campanha eleitoral para presidente da República, já falava em Paulo Guedes para ser seu ministro de Economia. Como sonhar é permitido