Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SUPERCOPA DE VÔLEI

Reformado, Guanandizão abrirá a temporada nacional de vôlei com a Supercopa

Supercopa de Vôlei acontece nos dias 30 de outubro e 06 de novembro em Campo Grande
03/10/2020 15:30 - Carol Alencar Cozzatti


O maior ginásio coberto de Mato Grosso do Sul, Ginásio Poliesportivo Avelino dos Reis, o Guanandizão, passou recentemente por modernização e está alinhado ao padrão internacional de eventos, será palco para acolher a Supercopa de Vôlei 2020. A escolha partiu da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), que escolheu a capital sul-mato-grossense para abrir a temporada 2020/2021 do vôlei nacional.

Os confrontos entre EMS Taubaté Funvic (SP) e Sada Cruzeiro Vôlei (MG), pelo masculino e Dentil/Praia Clube (MG) e Sesc Flamengo (RJ) acontecerá nos dias 30 de outubro e 6 de novembro, respectivamente.

O torneio é realizado anualmente e reúne quatro das principais equipes do Brasil, colocando frente a frente os atuais vencedores da Copa Brasil e da Superliga Banco do Brasil. A disputa pelo título, em ambos os gêneros, ocorre em jogo único.

No masculino, EMS Taubaté Funvic (SP) e Sada Cruzeiro Vôlei (MG) duelam às 20h30 (horário de MS) do dia 30 de outubro. Já a disputa feminina entre Dentil/Praia Clube (MG) e Sesc Flamengo (RJ), acontece no mesmo horário, uma semana depois, no dia seis de novembro.

Os dois confrontos terão cobertura televisiva do SporTV 2, canal por assinatura pertencente ao Grupo Globo.

Em razão da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a temporada 2019/20 da Superliga foi interrompida sem a definição de um vencedor. A CBV, portanto, utilizou como critério para a disputa da Supercopa a colocação das equipes no momento da paralisação. Assim, classificaram-se Dentil/Praia Clube, no feminino, e EMS Taubaté Funvic, no masculino. Sesc Flamengo e Sada Cruzeiro Vôlei garantiram vaga à competição por terem faturado o título da Copa Brasil.

 

 
 

Benefícios para MS

Mesmo sem a presença do público, em decorrência do risco de contágio viral, o objetivo é fazer do torneio nacional o evento de reinauguração da praça esportiva e o principal teste para a Liga das Nações.

“Certamente a Liga das Nações será um dos maiores eventos esportivos da história de Mato Grosso do Sul e é sempre muito gratificante receber a seleção brasileira. Em função do complicado momento pelo qual passamos, por conta da Covid-19, uma competição desse porte também vai ajudar muito na retomada da economia no Estado”, pontua o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Ferreira Miranda.

 

 
 

Reformado

Repaginado, o ginásio que teve banheiros, lanchonetes, salas administrativas e vestiários revitalizados, pode comportar 8.240 pessoas.

Além das melhorias estruturais, novas lâmpadas de LED, reforma do teto e nova pintura de amarelo, azul, verde e vermelho em assentos e arquibancadas, o ginásio ganhou novo sistema elétrico e hidráulico. Adaptações foram feitas para garantir acessibilidade a pessoas com deficiência e segurança exigida pelo Corpo de Bombeiros.

Na parte interna, onde os astros do vôlei atuarão, a quadra foi preparada com materiais de alta tecnologia, que acompanham palcos esportivos de ponta ao redor do mundo: revestimento com piso emborrachado de poliuretano em elastômeros duráveis e adesivos de alto desempenho, além de pisos de taco ao redor.

A reforma partiu do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul que contou com o apoio da Prefeitura Municipal de Campo Grande.

 

Felpuda


Candidato a vereador caiu em desgraça, pelo menos em um dos bairros de Campo Grande, ao promover comício em ginásio de esporte, com direito a ônibus lotados e espoucar de muitos fogos de artifício.

Aí dito-cujo foi alvo de muitas críticas, tanto pela zoeira causada, como por ter mandado às favas quaisquer cuidados na prevenção da Covid-19, ao promover grande aglomeração. Irresponsabilidade é pouco, hein?!