Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

BRASILEIRO

Rodrygo, do Real Madrid, é eleito o melhor jogador jovem do mundo

Atacante foi revelado pelo Santos
09/04/2020 23:00 - Estadão Conteúdo


O atacante Rodrygo, revelado pelo Santos e atualmente no Real Madrid, recebeu o prêmio NxGn de melhor jogador jovem do mundo. A premiação é feita em conjunto pela NxGn e pelo site goal.com e foi direcionada aos jogadores nascidos após 1.º de janeiro de 2001. Entre as mulheres, a vencedora foi Lena Oberdorf, do SGS Essen.

Além dele, outros dois brasileiros apareceram no top-10 da lista: Reinier, revelado pelo Flamengo e hoje também do Real Madrid, ficou em quarto, enquanto Gabriel Martinelli, que surgiu no Ituano e está no Arsenal, ficou em sexto.

"Mesmo nesse momento tão difícil que estamos passando no mundo todo, fico feliz em receber o prêmio de melhor jogador sub-19 do mundo. Agradeço muito a Deus por tudo e vamos seguir juntos para vencer essa batalha. Você sempre sonha e trabalha para conquistar prêmios assim tão importantes, então certamente é a realização de mais um sonho", comentou Rodrygo sobre a premiação

"Agradeço também a todos os meus parceiros. Tenho que seguir dando sequência no trabalho e esse tipo de reconhecimento público só me motiva ainda mais", finalizou o jovem atacante brasileiro.

Rodrygo começou a temporada no Real Madrid Castilla, equipe do clube para jovens que disputa a terceira divisão na Espanha. No entanto, o jovem recebeu chances e correspondeu, se tornando membro do elenco principal. O melhor momento até agora foi a partida contra o Galatasaray na Liga dos Campeões, quando o brasileiro anotou três gols.

Também aparecem nas primeiras posições do ranking: Ansu Fati, do Barcelona (2.º), Mason Greenwood, do Manchester United (3.º), Eduardo Camavinga, do Rennes (5.º), Lee Kang-In, do Valencia (7 º); Mohamed Ihattaren, do PSV (8.º); Takefusa Kubo, do Mallorca (9.º) e Ryan Gravenberch, do Ajax (10.º).

Felpuda


É quase certo que a aposentadoria deverá ocorrer de maneira mais rápida do que se pensava em determinado órgão. O que deveria ser a tal ordem natural dos fatos acabou sendo atropelada por acontecimentos considerados danosos para a imagem da instituição. Os dias estão passando, o cerco apertando e já é praticamente unanimidade de que a cadeira terá de ter substituto. Mas, pelo que se ouve, a escolha não deverá ser com flores e bombons de grife.