Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

COPO MEIO CHEIO OU MEIO VAZIO?

Sem fazer gol a mais de 330 minutos, Coelho vê evolução no time do Corinthians

Há mais de 3 jogos sem marcar, técnico vê como positivo não ter tomado gols nos últimos dois jogos
04/10/2020 09:20 - Estadão Conteúdo


O último gol do Corinthians no Campeonato Brasileiro foi marcado diante do Bahia, aos 16 minutos do segundo tempo, na vitória por 3 a 2, na Neo Química Arena. De la para cá, foram três jogos com placar em branco: 0 a 1 com o Sport e dois 0 a 0, diante de Atlético-GO e frente ao Red Bull Bragantino. Mesmo assim, o técnico vê evolução na equipe

"O time não está fazendo gols, mas também não levou. É uma evolução", festejou o treinador, após o empate, em Bragança Paulista, neste sábado à noite, pela 13ª rodada do Brasileirão. Resultado que deixou o time em 13º lugar, com 14 pontos.

Como sempre diz após os jogos, Coelho pediu mais tempo para ajustar a equipe, que comanda nos últimos cinco jogos, com aproveitamento próximo dos 33%. "Não vai ser do dia para a noite que vamos resolver todos os problemas da equipe. Hoje (sábado) já fomos mais competitivos e no segundo tempo conseguimos uma produção ofensiva melhor."

Coelho afirmou que pretende cada vez mais usar o recém-contratado Cazares, mas precisa que o atleta tenha um melhor rendimento físico. "Ele ficou muito tempo sem jogar, sem treinar. Não podemos correr o risco de perder o jogador. Por isso, estamos em um trabalho em conjunto com a fisiologia."

O treinador afirmou que os rumores de contratação de um novo comandante para a equipe não abala seu trabalho. "De forma alguma. Estou acostumado com isso e o meu trabalho é no dia a dia."

 
 

Felpuda


Entre sussurros, nos bastidores políticos mais fechados, os comentários são que história apregoada por aí teria sido construída para encobrir o que realmente foi engendrado em conversa que resultou em negociata. 

O script foi na base do “você finge que é assim, e nós fingimos que acreditamos”. 

Batido o martelo, a encenação prosseguiu e, conforme o combinado, deverão ser apresentados novos episódios.

Ah, o poder!