Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CRAQUE

Suárez se recupera de lesão e pode reforçar Barcelona no reinício do Espanhol

Primeira partida do time está marcada para o 13 de junho
07/06/2020 03:00 - Estadão Conteúdo


Luis Suárez está pronto para voltar aos gramados. O atacante uruguaio foi liberado pelo departamento médico do Barcelona após 147 dias se recuperando de uma lesão no joelho direito e recebeu o aval para voltar a jogar.

A primeira partida do time catalão no reinício do Campeonato Espanhol após a paralisação pela pandemia do novo coronavírus está marcada para o 13 de junho, contra o Mallorca, fora de casa, pela 28ª rodada.

Suárez foi submetido a uma artroscopia no joelho direito em 12 de janeiro. Sua última aparição pelo Barça foi contra o Atlético Madrid em jogo válido pela semifinal da Supertaça de Espanha, no início de janeiro.

Depois de quase cinco meses em recuperação do problema no menisco do joelho, o uruguaio está pronto para voltar a atuar na parte final da temporada. Ele perderia boa parte da reta final da liga espanhola e do mata-mata da Liga dos Campeões caso as competições não fossem paralisadas em razão da pandemia de covid-19.

Suárez retornou aos treinos no início de maio e seu principal objetivo quando entrar em campo será se tornar o terceiro maior artilheiro do Barcelona. O uruguaio soma 191 gols e precisa marcar mais quatro para ultrapassar o húngaro László Kubala, que fez história no Barcelona na década de 1950.

Prejudicado pela lesão no joelho, Suárez balançou as vezes 14 vezes em 23 jogos nesta temporada. O Barcelona tem 11 jogos restantes do Campeonato Espanhol, além da Liga dos Campeões da Europa, em que o time catalão está nas oitavas de final - empatou a partida de ida em 1 a 1 com o Napoli, na Itália.

 

Felpuda


Candidato a prefeito de cidade do interior foi buscar “inspiração” para elaborar seu programa de governo.

Assim, não se fez de rogado em beber da fonte de prefeito que tenta a reeleição em município da Bahia.

O dito-cujo cá dessas bandas copiou as propostas e vinha as apresentando como sendo de sua autoria.

A população já descobriu o plágio e ainda aguarda uma explicação.

Se não houver, as urnas certamente a darão.