Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

FUTEBOL

Vasco empata com o Volta Redonda e segue sem vencer na Taça Rio

Partida terminou sem gols
08/03/2020 18:11 - Estadão Conteúdo


 

O Vasco segue sem vencer na Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca. Neste domingo, empatou sem gols com o Volta Redonda, no estádio Raulino Oliveira, pela segunda rodada.

Os vascaínos, que vinha de igualdade por 1 a 1 com o Volta Redonda, somam apenas dois pontos no Grupo B, enquanto Volta Redonda tem quatro, pois venceu por 1 a 0 o Macaé.

Embora tenha utilizado o esquema 4-5-1, com apenas um atacante, o artilheiro João Carlos, com seis gols, o Volta Redonda mostrou mais agressividade no primeiro tempo. Manteve a posse de bola no campo defensivo vascaíno e criou as melhores chances.

Aos 24 minutos, João Carlos recebeu na frente da área e soltou a bomba. Fernando Miguel ficou estático na pequena área, olhou para trás e viu a bola explodir no travessão. Na volta, ela quicou e saiu. No minuto seguinte, Oliveira desceu pelo lado direito e fez o levantamento para o outro lado. Bernardo pegou de primeira e a bola bateu no pé da trave direita e saiu.

O Vasco, armado no esquema 4-3-3, errava muitos passes no meio-campo, inclusive, tendo vacilado em duas saídas de bolas que deram chances para o Volta Redonda pressionar. O time só ameaçava em contra-ataques e só chegou na frente com perigo aos 41 minutos em um chute de Yako Pikachu que iria no ângulo, mas foi espalmado pelo goleiro Douglas Bordes.

Na volta para o segundo tempo, Abel Braga trocou Marcos Júnior por Juninho e pediu mais capricho nos passes, além de mais movimentação dos atacantes. A grande chance apareceu aos 15 minutos, quando Marrony foi lançado nas costas da defesa, invadiu a área e tentou o drible em cima de Douglas Borges que deu um tapinha na bola. A sobra ainda ficou para o chute de Vinícius em direção ao gol, mas o zagueiro Daniel apareceu para dar um chutão e aliviar.

O Volta Redonda percebeu a melhora de produção do Vasco e passou a valorizar a posse de bola. Aos poucos, se acomodou também pelo empate. A última chance aconteceu com German Cano, que bateu de fora da área e exigiu que Douglas Borges espalmasse para escanteio aos 46 minutos. O jogo terminou, de novo, com vaias dos vascaínos presentes ao estádio.

Pela terceira rodada, o Vasco vai enfrentar o Fluminense, no sábado, às 16h30, no Maracanã. Antes disso, receberá o Goiás pela terceira fase da Copa do Brasil, quinta-feira, às 21h30 em São Januário. O Volta Redonda vai enfrentar o Madureira, fora de casa, no sábado às 16h30.

FICHA TÉCNICA

VOLTA REDONDA 0 X 0 VASCO

VOLTA REDONDA - Douglas Borges; Oliveira, Heitor,Daniel e Luiz Paulo; Bruno Barra, Marcelo (Saulo Mineiro e Douglas Lima), Wallison (Willian Mineiro), Pedrinho e Bernardo; João Carlos. Técnico: Luizinho Vieira.

VASCO - Fernando Miguel; Yago Pikachu, Werley, Leandro Castan e Henrique; Andrey, Raul (Tiago Reis) e Marcos Júnior (Juninho); Marrony, German Cano e Vinícius (Ribamar). Técnico: Abel Braga.

ÁRBITRO - Rodrigo Carvalhaes de Miranda.

CARTÕES AMARELOS - João Carlos (Volta Redonda) e Andrey (Vasco).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

 

Felpuda


Apressadas que só, figurinhas tentaram se “apoderar” do protagonismo de decisão administrativa. Não ficaram sequer vermelhas quando se assanharam todas para dizer que tinham sido responsáveis pela assinatura de documento que, aliás, era uma medida estabelecida desde 2019. Quem viu o agito da dupla não pode deixar de se lembrar daquele pássaro da espécie Molothrus bonarienses, mais conhecido como chupim, mesmo. Afe!