Esportes

PRIMEIRA

A+ A-

Washington marca e Ceará impõe derrota ao Palmeiras

Washington marca e Ceará impõe derrota ao Palmeiras

Continue lendo...

Com dois gols sofridos no primeiro tempo, o Palmeiras acabou derrotado pelo Ceará por 2 a 0, neste domingo, no Estádio Presidente Vargas, em partida válida pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

Os gols foram marcados por Washington, que já atuou no clube alviverde e pelo meia Thiago Humberto. Esta foi a primeira derrota do Palmeiras no Brasileiro e a quarta no ano, já que a equipe havia perdido apenas para Corinthians e Ponte Preta, no Campeonato Paulista, além da goleada sofrida para o Coritiba, na Copa do Brasil.

Com o resultado negativo, o Palmeiras segue com 11 pontos, o Palmeiras e agora vê o Corinthians, com 13 e um jogo a menos, em segundo lugar. Já o Ceará se afastou da zona de rebaixamento ao atingir seu sétimo ponto na tabela.

Na sequência da competição, o Ceará vai ao Paraná para enfrentar o Coritiba, na quinta-feira, às 19h30 (de Brasília), no Estádio Couto Pereira. No mesmo horário, o Palmeiras recebe o Atlético-Go, no Estádio do Canindé. O jogo

Na equipe cearense, o técnico Vágner Mancini não mudou o esquema tático mas fez cinco alterações no time titular, em relação a derrota para o Atlético-Go, na última rodada. Pelo lado alviverde, o técnico Felipão, que não contou com o atacante Luan, suspenso por três cartões amarelos, promoveu a entrada do volante Chico.

Logo no início da partida, no primeiro minuto, o Palmeiras já teve uma boa chance de abrir o placar. Rivaldo avançou pela esquerda e cruzou na medida para Wellington Paulista, que cabeceou forte e obrigou o goleiro Fernando Henrique se esticar todo para fazer a defesa.

Porém, o suposto domínio inicial do Palmeiras não incomodou a equipe do Ceará que partiu para cima do adversário. Aos 6min, Vicente recebeu na esquerda e cruzou, a bola passou por toda a área e chegou em Michel, que finalizou de primeira e acertou a marcação. No escanteio, Thiago Humberto cobrou aberto e Washington, livre de marcação, cacebeou no canto direito de Marcos para abrir o placar.

Apesar de o Palmeiras continuas com mais posse de bola, que não se convertia em chances de gol, foi o Ceará que assustou novamente, em duas oportunidades. Aos 24min, Boiadeiro cruzou da direita, Marcos saiu mal do gol, mas se recuperou na sequência defendendo chute de Vicente. No lance seguinte, Boiadeiro resolveu arriscar da entrada da área e acertou a trave do goleiro alviverde.

Cicinho sentiu uma lesão e teve que sair de campo, em seu lugar Felipão colocou o meia Patrik e passou Marcio Araujo para lateral direita. Porém, os maiores problemas para a equipe alviverde saíam do outro lado, com Boiadeiro. Em mais uma boa jogada, aos 46min, o lateral do Ceará avançou pela direita e cruzou. Na sobra, Thiago Humberto bateu forte no canto esquerdo de Marcos para aumentar a vantagem cearense no placar.

Para o segundo tempo, o técnico alviverde promoveu mais uma mudança, desta vez por opção tática. Na tentativa de dar mais poder ofensivo à sua equipe, Felipão colocou Adriano no lugar de Lincoln. Porém a substituição não surtiu efeito e o Ceará seguiu com a melhores oportunidades de gol.

Aos 7min, Thiago Humberto recebeu de frente para o gol e bateu com muita força, a bola explodiu no travessão de Marcos. O ritmo da partida diminuiu muito e o Ceará passou a se preocupar em não dar mais espaços ao Palmeiras, que com atuação apagada de Kleber, não conseguiu pressionar o adversário.

Em uma rara oportunidade de gol da equipe paulista, aos 27min, Kleber descolou bom passe para Adriano que cruzou rasteiro para Chico, que pegou mal na bola e mandou por cima da meta de Fernando Henrique. Nos acréscimos, ainda deu tempo de Marcos ter sua trave carimbada pela terceira vez, com Osvaldo, que fez bela jogada pela esquerda e bateu rasteiro no canto esquerdo.

Ficha Técnica:

Ceará 2 x 0 Palmeiras

Gols

Ceará: Washington, aos 7min do primeiro tempo e Thiago Humberto, aos 46min do primeiro tempo.

Ceará: Fernando Henrique; Boiadeiro (Diego Macedo), Fabrício, Diego Sacoman e Vicente; Michel, João Marcos, Heleno e Thiago Humberto (Iarley); Osvaldo e Washington. Técnico: Vágner Mancini

Palmeiras: Marcos; Cicinho (Patrik), Thiago Heleno, Leandro Amaro e Rivaldo; Chico, Márcio Araujo, Marcos Assunção e Lincoln (Adriano); Kléber e Wellington Paulista (Vinicius). Técnico: Felipão

Cartões amarelos
Ceará: João Marcos
Palmeiras: Wellington Paulista

Árbitro
Heber Roberto Lopes (PR)

Local
Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE)

Vôlei de praia

Atletas de MS apostam no fator casa para ter bom resultado

Saymon é um dos favoritos da etapa de Campo Grande do Circuito Nacional

21/02/2024 10h30

Saymon treina em academia da Capital para atual etapa do circuito GERSON OLIVEIRA

Continue Lendo...

Jogar diante de familiares e amigos não deve ser fácil, mas Saymon e seu parceiro Cadu trabalham o lado emocional para conseguir alcançar seus objetivos na etapa de Campo Grande do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia. 

Jogando em casa e perto da família em Mato Grosso do Sul, Saymon espera se dar bem na Capital. A etapa de Campo Grande começa hoje e vai até domingo, com os melhores competidores do País em terras sul-mato-grossenses.

Com expectativa em alta para a estreia na competição, os campo-grandenses Saymon e Cadu vêm trabalhando bastante o lado emocional para que a ansiedade não jogue contra a dupla.

“Representar o nosso estado jogando em Mato Grosso do Sul, e mostrando isso para o País, já dá aquele frio na barriga. Entrar em quadra e jogar diante da minha família e da minha filha de 8 meses será como uma final de campeonato para nós”, relatou Saymon Barbosa, o experiente atleta que já foi campeão mundial militar em 2017.

O bloqueador de 2,02 metros de altura é experiente, já conquistou diversos títulos brasileiros e quer ir bem no Circuito Nacional, em busca de pontuação para a Copa do Mundo, mas sabe que jogar no quintal de casa será um dos maiores desafios de sua carreira. 

“Estou agora com um novo parceiro, que é o Cadu. Estamos diariamente conversando, na tentativa de controlar as emoções. Ele, por ser mais novo, vai sentir bastante, mas estamos fazendo um trabalho mental para que a gente consiga conquistar o nosso objetivo, que é chegar em uma semifinal”, detalhou. 
Outro sul-mato-grossense que também está ansioso para competir em Campo Grande diante de amigos e familiares é o ponteiro Arthur, que faz dupla com Adrielson.

Ao Correio do Estado, Arthur relatou que essa etapa nacional é especial para sua carreira. “Representar Mato Grosso do Sul em casa é algo especial. Na temporada passada, fui campeão do circuito, mas jogar na minha cidade será algo diferente e, nesse caso, preciso controlar a ansiedade para que consiga buscar os objetivos no campeonato”, disse. 

Apesar de ser início de temporada, Arthur e seu parceiro Adrielson têm treinado bastante em busca de um bom desempenho jogando em terras sul-mato-grossenses. 

“Ter a torcida jogando a favor é um combustível a mais e ajuda bastante até na concentração. A minha família estará me acompanhando, e, por isso, controlar as emoções é um fator principal para que a gente consiga chegar até as fases finais da competição”.

Etapa

A 1ª etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia começa hoje, em um espaço montado no Parque das Nações Indígenas que pode ser acessado pela entrada Terena. A entrada para acompanhar os jogos será gratuita e poderá ser garantida no site.

De acordo com a programação, a qualificação do aberto começa às 8h e vai até as 18h. Amanhã ocorrerão a fase de grupos e as oitavas de final.

Diferentemente dos últimos anos, a principal competição nacional, que antes era realizada com as 12 melhores duplas do País, agora recebe as 16 melhores duplas.

Para o evento ser realizado, o governo do Estado firmou um convênio de R$ 488 mil para a etapa de Campo Grande. O repasse foi superior em R$ 49 mil ao cedido para a disputa do Circuito Brasileiro do ano passado, quando o convênio foi no valor de R$ 449 mil.

Calendário do Circuito Nacional de Vôlei de Praia 

1ª etapa – Campo Grande, de 21 a 25 de fevereiro;
2ª etapa – Recife (PE), de 13 a 17 de março;
3ª etapa – Saquarema (RJ), de 3 a 7 de abril;
4ª etapa – Natal (RN), de 24 a 28 de abril;
5ª etapa – a definir, de 19 a 23 de julho;
6ª etapa – a definir, de 11 a 15 de setembro;
7ª etapa – João Pessoa (PB), de 9 a 13 de outubro;
8ª etapa – a definir, de 30 de outubro a 3 de novembro;
9ª etapa – a definir, de 20 a 24 de novembro.

Esportes

Mundial de Beach Soccer: Brasil fecha 1ª fase com aproveitamento 100%

Seleção brasileira enfrenta o Japão pelas quartas da competição

20/02/2024 23h00

Aitor Alcalde/FIFA

Continue Lendo...

Graças a um gol de Edson Hulk no final da prorrogação, o Brasil derrotou o México por 4 a 3, na tarde desta terça-feira (20) em Dubai (Emirados Árabes), e fechou a fase de grupos da Copa do Mundo de Beach Soccer com 100% de aproveitamento. Assim a seleção brasileira garantiu a liderança do Grupo D.

Os gols da seleção brasileira foram marcados por Mauricinho, Alisson e Edson Hulk (dois, o segundo deles no último lance da partida). Já a equipe mexicana descontou com Castillo, Wbias e Maldonado.

“Uma vitória suada. Primeiro parabenizar a equipe do México, que foi aguerrida do começo ao fim. Graças a Deus conseguimos a classificação, que era o objetivo principal, e agora é focar na próxima fase. Vamos para o mata-mata, no qual quem perder vai para casa. Acredito que esse grupo vem evoluindo dia após dia, jogo após jogo. Temos muito a melhorar para que nas quartas de final a façamos nosso melhor jogo”, declarou o ala Filipe Silva.

Na próxima etapa da competição a seleção brasileira medirá forças com o Japão, segundo colocado do Grupo C. A partida será realizada a partir das 8h30h (horário de Brasília) da próxima quinta-feira (22).

Assine o Correio do Estado.

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).