Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

FELPUDA

Coluna Diálogo: Felpuda, 17 de outubro de 2020. Por Ester Figueiredo

Ester Figueiredo (dialogo@correiodoestado.com.br)
17/10/2020 00:00 - Felpuda


Conhecido nos bastidores como “turma do zoológico”, grupo está vivendo aquele momento retratado no provérbio português: “Quem vai ao vento, perde o assento”. 

Na prática, isso equivale a dizer que manter por mais quatro anos a mesma cadeira está cada vez mais complicado, porque “apoiadores”, por força do vento, acabaram sendo levados para paragens bem distantes. Ai, ai, ai!

Felpuda


Questão de família acabou descambando para o lado da política, e a confusão já é do conhecimento público. 

A queda de braço tem como foco a troca de apoio político que, de um, foi para outro. Sem contar as ameaças de denúncia da figura central do imbróglio. 

A continuar assim, há quem diga que nenhum dos dois candidatos a vereador envolvidos na história conseguirá ser eleito. Barraco é pouco!