Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DIÁLOGO

Felpuda

Ester Figueiredo
20/04/2020 00:00 - Felpuda


Nos bastidores políticos há quem afirme que será só a campanha eleitoral começar para que venham à tona histórias escabrosas de operações policiais que atingem, em cheio, dirigentes de legendas partidárias. Adversários já estão se municiando para colocar a público e questionar apoios dessas siglas para postulantes a prefeito de Campo Grande. Pelo jeito, apostar no esquecimento do eleitor agora é coisa do passado.

Felpuda


Lideranças de alguns partidos estão fazendo esforço da-que-les para fechar chapa com o número exigido por lei de 30% do total de vagas para as mulheres. Uma dessas legendas, por exemplo, tenta mostrar a “felicidade” das suas pré-candidatas, mas teme o fracasso, tendo em vista que o “chefe maior” é aquele que já mandou mulheres calarem a boca e disse também que a importância da sua então esposa na campanha eleitoral era porque apenas “dormia com ele”. Ô louco!