Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DIÁLOGO

Felpuda

Ester Figueiredo
16/06/2020 00:00 - Felpuda


O dia 30 seria o prazo fatal estabelecido pelos parceiros para que figurinha saísse do muro e assumisse o lado para o qual vai pender. O que vem ocorrendo, segundo se ouve nos bastidores, seria “sangramento em praça pública” sob desculpa de se avaliar o desejo da população. Dizem até que o martelo já foi batido: haverá repeteco para tudo continuar como vem sendo até agora. A conferir.

Felpuda


Alguns pré-candidatos que estão de olho em uma cadeira de vereador vêm apostando apenas nas redes sociais, esperançosos na conquistados votos suficientes para se elegerem. A maioria pede apoio financeiro para continuar mantendo suas respectivas páginas, frisando que não aceita dinheiro público ou de político, fazendo com que alguns se lembrem daquela famosa marchinha de carnaval: “Ei, você aí, me dá um dinheiro aí, me dá um dinheiro aí...”. Como diria vovó: “Essa gente perdeu o rumo e o prumo”.