Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DIÁLOGO

Felpuda

Ester Figueiredo
23/06/2020 00:00 - Felpuda


Dizem que bateu o desespero em conhecido partido político, pois descobriu-se que pré-candidato não tem todo o peso eleitoral que foi dito a uns e outros. Em uma quase certa eleição de dois turnos em Campo Grande, o dito-cujo poderá ficar nas últimas posições, sem força política para, em uma eventual aliança na segunda fase da disputa, reivindicar sequer uma praça pública como cota para seu partido. Como diria vovó, citando dito popular: “Cachorro que late muito não morde!”.

Felpuda


Entre sussurros, nos bastidores políticos mais fechados, os comentários são que história apregoada por aí teria sido construída para encobrir o que realmente foi engendrado em conversa que resultou em negociata. 

O script foi na base do “você finge que é assim, e nós fingimos que acreditamos”. 

Batido o martelo, a encenação prosseguiu e, conforme o combinado, deverão ser apresentados novos episódios.

Ah, o poder!