Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DIÁLOGO

Felpuda

Ester Figueiredo
27/06/2020 00:00 - Felpuda


Experiente e respeitado jornalista retornou a Campo Grande, após atuar 21 anos em Brasília, Aceitou proposta para assessorar parlamentar, mas agora se diz “profundamente arrependido”, Deixou trabalho estável que tinha na capital do país por um projeto embrionário e confuso. E ainda teve que engolir “estilo” de certa figurinha, que se acha “o último biscoito do pacote”, mandando e desmandando no lugar do dito parlamentar. Com menos de dois meses, pediu para sair. Ô louco!

Felpuda


Nos bastidores, há quem garanta que a única salvação, de quem está com a corda no pescoço, é ele aceitar ser candidato a vice-prefeito em chapa de novato no partido. Vale dizer que isso nunca teria passado por sua cabeça, uma vez que foi eleito com, digamos, “caminhão de votos”. Se aceitar a imposição, pisaria na tábua de salvação; se recusar, poderá perder o mandato. Ah, o poder!