Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ESTUDOS

Universidade do PR apresenta programa ambiental da 262

Universidade do PR apresenta programa ambiental da 262
10/01/2012 00:00 - DA REDAÇÃO


 Com o objetivo de garantir e monitorar o acesso a informações aos usuários da BR 262, no trecho entre Corumbá e Anastácio (MS) - com obras de recuperação e implantação de acostamentos e programas de gestão ambiental supervisionados pela Coordenação Geral de Meio Ambiente (CGMAB/DNIT) -, as professoras da Universidade Federal do Paraná (UFPR) Dulce Fernandes e Regiane Ribeiro iniciaram visita aos dois municipios.

Para Dulce Fernandes, a essência da visita está no estreitamento de laços com a sociedade beneficiada pela rodovia.

Entre os locais que receberão atenção das professoras estão o Porto Seco, em Corumbá, local de paragem de 300 a 400 caminhões por dia, uma empresa de transporte viário, que opera linhas intermunicipais, o posto de pedágio, além de restaurantes, pontos turísticos, assentamentos, aldeias indígenas e comunidade em geral.

O planejamento do Programa de Gestão Ambiental (PGA) das obras da BR 262, desenvolvido pelo ITTI-UFPR, tem como objetivo minimizar e compensar os impactos ambientais decorrentes das obras.

Felpuda


Nos bastidores, há quem garanta que a única salvação, de quem está com a corda no pescoço, é ele aceitar ser candidato a vice-prefeito em chapa de novato no partido. Vale dizer que isso nunca teria passado por sua cabeça, uma vez que foi eleito com, digamos, “caminhão de votos”. Se aceitar a imposição, pisaria na tábua de salvação; se recusar, poderá perder o mandato. Ah, o poder!