Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

2010 FIFA World Cup South Africa chega em abril

2010 FIFA World Cup South Africa chega em abril
30/03/2010 20:35 -


O lançamento mundial do jogo oficial da FIFA para a Copa do Mundo deste ano está previsto para o dia 27 de abril. Para desenvolver o game 2010 FIFA World Cup South Africa a Electronic Arts ouviu milhares de fãs da franquia e desenvolveu, a partir do FIFA 10, cerca de cem mudanças na jogabilidade baseadas nas sugestões dos gamers.

 

Com mais detalhes e realismo, o lançamento irá agradar tantos aos já experientes jogadores de FIFA – com passes e finalizações muito mais precisas – quanto aos iniciantes, pois conta com uma opção de jogabilidade simplificada que utiliza apenas dois botões (passe e chute).

 

O novo game traz todas as 199 seleções que disputaram as eliminatórias, assim como os dez estádios da África do Sul que irão abrigar os jogos do mundial.

 

Para jogar, o participante poderá escolher entre os modos: Copa do Mundo - em que as partidas, estádios, adversários e horários são sincronizados com a tabela oficial do evento; Eliminatórias Regionais – com a opção de escolher qualquer time e tentar classificá-lo para disputar o mundial; e Partidas On-line – o módulo permite aos jogadores conectar o videogame à internet e, pela primeira vez, disputar o campeonato inteiro pela rede, contra oponentes de todos os lugares do mundo. Pela internet, os gamers também podem atualizar as novas comemorações dos gols.

Os jogadores e reservas de cada seleção têm seu rosto reproduzido fielmente, assim como características físicas e habilidades. Por exemplo: um atacante tem mais facilidades para fazer dribles do que um zagueiro. E os craques com chutes potentes, bons passes ou bom condicionamento físico terão exatamente as mesmas características no jogo.

 

Os técnicos de futebol não serão coadjuvantes. Assim, se o participante escolher fazer um jogo do Brasil x Argentina,por exemplo, Dunga e Maradona aparecerão várias vezes na lateral do campo, elogiando ou criticando o desempenho de seus times nas jogadas. Além disso, para alegria dos que adoram "palpitar" sobre a escalação do time, o game também tem a opção de jogar como técnico.

 

Para aumentar o desafio do jogo, a altitude dos locais onde serão realizadas as partidas vai influenciar no desempenho dos atletas (em locais mais altos, eles cansam mais rápido) e a trajetória da bola também sofrerá mudanças. Para os jogadores de FIFA 10 ainda existe a opção de disputar o mundial com o jogador criado no modo Be a Pro, em que o player cria seu próprio jogador, escolhe as características e em qual posição vai jogar, conforme o atleta tem um bom desempenho nos jogos vai melhorando na carreira e é contratado por grandes clubes.

 

Um sistema inédito de iluminação valorizará os aspectos individuais de cada estádio e dará destaque, aos jogadores sentados no banco de reservas. A arquibancada também recebeu melhorias com a participação inédita de mulheres na torcida, formato 3D, flashes de câmeras, gritos, faixas, bandeiras, chuva de papel picado, movimentos sincronizados e até a famosa "Vuvuzela" - a corneta dos torcedores sul-africanos.

 

Os bancos na área técnica, placas oficiais de propaganda e letreiros das transmissões aparecem com os patrocinadores oficiais da Copa. O jogo traz a história de como foi a classificação de cada seleção para o mundial 2010 e desafia o jogador a mudar resultados de jogos reais. Desta forma, o player poderá dar a vitória aos franceses no jogo de despedida do craque Zidane, na final de 2006 entre Itália e França ou ainda desfazer a injustiça do gol de Henry com a mão na eliminatória de 2010 e levar a Irlanda ao Mundial.

 

O jogo estará disponível para as consoles: Xbox 360, Playstation 3, PSP e Nintendo Wii.

Felpuda


Comentários maldosos nos meios políticos dão conta que duas figurinhas que se rebelaram contra os próprios colegas poderão ficar no sereno político e, de forma indireta, serem personagens das próprias manifestações.

Um deles defendeu a redução do número de vereadores, e o outro disse ter vergonha de exercer o cargo. Agora enfrentam altos e baixos na campanha eleitoral.