Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CIDADES

Acidentes em rodovias federais deixam um morto e 13 feridos

Acidentes em rodovias federais deixam um morto e 13 feridos
15/03/2010 04:07 -


Uma pessoa morreu e 13 ficaram feridas em acidentes no final de semana nas rodovias federais de Mato Grosso do Sul. Duas ocorrências foram registradas no macroanel rodoviário de Campo Grande, nas regiões norte e oeste da Capital, deixando dois feridos. Weslen Batista dos Santos, de 26 anos, teve traumatismo craniano grave e a perna esquerda amputada após acidente envolvendo o caminhão, placas HSI-8234, de Campo Grande, que o jovem conduzia e uma carreta, placas MCB-2022, de Rondônia. A colisão aconteceu por volta das 19 horas desse sábado (13) no macroanel, próximo à unidade Agrárias da Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal (Uniderp/Anhaguera), região norte da Capital. Con forme i n formou o motorista da carreta à Polícia Rodoviária Federal (PRF), Santos perdeu o controle da direção, o caminhão invadiu a pista contrária e bateu na lateral do outro veículo. Por conta do impacto, o condutor do caminhão ficou preso às ferragens e teve a perna esquerda esmagada. O rapaz também bateu a cabeça e foi levado pelo Corpo de Bombeiros para a Santa Casa de Campo Grande com traumatismo craniano e inconsciente. Ontem pela manhã, Santos passou por cirurgia de amputação da perna e, de acordo com o hospital, até às 11 horas, não havia saído do estado de coma. O condutor da carreta nada sofreu. Torre No trecho que liga a saída para Sidrolândia ao Distrito de Indubrasil – região oeste da Capital –, também no macroanel rodoviário, Rafael Costa da Silva, 21 anos, bateu o Fiat Uno, placas HSA-8771, de Campo Grande, que conduzia, em uma torre da rede de altatensão. O acidente aconteceu ontem às 7h30, mas a Polícia Rodoviária Federal não soube informar as circunstâncias em que ocorreu. Rafael foi encaminhado para o pronto-socorro da Santa Casa com traumatismo craniano, consciente, mas desorientado. Ele tinha também um corte na testa e fratura no maxilar. Até as 11 horas de ontem, a vítima passava por exames e o estado de saúde do jovem ainda era considerado grave. Morte Na rodovia MS-437, em Taquarussu – município distante 329 quilômetros ao sul de Campo Grande –, o adolescente Lucas Tavares da Silva, de 17 anos, morreu em acidente ocorrido por volta das 3 horas de ontem. Ele pilotava uma motocicleta, placas HTH- 2429, de Nova Andradina, e voltava de uma festa em Taquarussu na companhia do amigo Vander Mendes de Oliveira, 19. De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), as circunstâncias do acidentes ainda serão apuradas, mas tudo indica que não haja outro veículo envolvido. O adolescente teria perdido o controle da direção e caído com a moto. O amigo de Lucas foi encaminhado para unidade de saúde local com escoriações pelo corpo. Capotamento Cinco pessoas ficaram feridas após o capotamento do Ford Escort, placas CCG- 6655, conduzido por Valter de Souza, de 30 anos. O acidente aconteceu no sábado, em Ivinhema – a 320 quilômetros ao sul da Capital -, na MS-141. Segundo a PRE, que atendeu a ocorrência, os passageiros Everton José da Silva, 21, e mais três adolescentes foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e levados para o hospital local. O estado de saúde dos cinco era considerado estável.

Felpuda


Apressadas que só, figurinhas tentaram se “apoderar” do protagonismo de decisão administrativa. Não ficaram sequer vermelhas quando se assanharam todas para dizer que tinham sido responsáveis pela assinatura de documento que, aliás, era uma medida estabelecida desde 2019. Quem viu o agito da dupla não pode deixar de se lembrar daquele pássaro da espécie Molothrus bonarienses, mais conhecido como chupim, mesmo. Afe!