Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CIDADES

Acidentes rodoviários mataram sete pessoas no final de semana

Acidentes rodoviários mataram sete pessoas no final de semana
09/03/2010 08:46 -


Sete pessoas morreram em acidentes rodoviários de sábado até a manhã de ontem, em Mato Grosso do Sul. Das vítimas, cinco faleceram no local da colisão e outras duas após serem socorridas. As ocorrências foram registradas em Campo Grande, Rio Brilhante, Ponta Porã, Nova Alvorada do Sul, Caarapó e Rochedo. Em Rio Brilhante, no KM 339 da BR-163, o motociclista João Carlos Parede Vilhalva, 22 anos, morreu ontem, às 7h. Ele pilotava uma Honda Titan, que colidiu transversalmente com a F-1000 conduzida por Daniel de Oliveira Machado, 40 anos. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu devido à falta de atenção do motociclista. Duas mortes aconteceram na região sul do Estado, durante o domingo. Em Caarapó, de acordo com a PRF, o ciclista Jesuíno de Souza, de 64 anos, foi atropelado pelo Fiat Palio de placas HSY-0829, por volta das 19h40min, no KM 206 da BR-163. O carro era conduzido por Claudemir Vieira Rodrigues, 37 anos. Em Ponta Porã, colisão do Fusca de placas HR X- 1927 com Fiat Uno de placas MVW-8211, causou a morte de Dorval Machado, 59 anos, passageiro do Fusca. O acidente aconteceu ao meio-dia, na BR-163, KM 99. Informações de testemunhas indicam que o condutor do Fusca, identificado como João Batista Barreto Machado, fazia manobra para entrar em estrada vicinal quando foi colhido pelo outro carro, que vinha no sentido contrário. O saldo de mortes nas estradas aumentou devido a três acidentes que aconteceram no dia 6. No mais grave deles, em Nova Alvorada do Sul, condutor e passageiro de motocicleta Honda Titan, identificados como Aleandro Moreira dos Santos, de 21 anos, e Jéferson Morais do Nascimento, 21 anos, colidiram com outro veículo, que não permaneceu no local do acidente. Aleandro morreu na hora, enquanto o amigo foi trazido para Santa Casa da Capital, onde faleceu. Próximo a Campo Grande, na BR-163, KM 464, o dentista Mario Gil Martins Costa, 47 anos, envolveu-se em acidente com a carreta Iveco, de placas HSI-0892, conduzida por Péricles Antônio Pereira de Souza, 41 anos. A vítima conduzia o Astra de placas HSS- 6293, e invadiu a faixa por onde transitava o caminhão. Ele foi levado para a Santa Casa e morreu na madrugada de domingo. A única morte em rodovia estadual foi na MS- 080, no KM 59, em Rochedo. José Luiz Ribeiro Júnior, 39 anos, que dirigia um Renault Clio, perdeu o controle do veículo, saiu da pista e capotou. Ele foi lançado para fora do carro e morreu no local.

Felpuda


Mesmo sem ter, até onde se sabe, combinado com o eleitor, candidato a prefeito começou a apresentar nomes do seu ainda hipotético secretariado, pois parece estar convicto de que conseguirá vencer a disputa.

Os adversários dizem por aí que ele está muito distante de “ser um Jair Bolsonaro”, que, ainda na campanha eleitoral para presidente da República, já falava em Paulo Guedes para ser seu ministro de Economia. Como sonhar é permitido